Secretário traz investimentos e metas na Educação de Imbituva

Zaqueu Bobato, secretário da pasta e vice-prefeito do Município, fala sobre série de investimentos e planejamento para a rede municipal de ensino; gestor é mais um entrevistado do projeto do Grupo aRede na região

Gestor cita aspectos tecnológicos, salariais, de infraestrutura e outros ganhos já realizados no município
Gestor cita aspectos tecnológicos, salariais, de infraestrutura e outros ganhos já realizados no município -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Zaqueu Bobato, secretário da pasta e vice-prefeito do Município, fala sobre série de investimentos e planejamento para a rede municipal de ensino; gestor é mais um entrevistado do projeto do Grupo aRede na região

O secretário de Educação e vice-prefeito de Imbituva, Zaqueu Bobato, deu sequência ao especial de entrevistas do Vamos Ler – Geração Digital com secretários educacionais da região. O gestor falou sobre a série de investimentos que a Prefeitura e a Secretaria vêm realizando desde o início da gestão, questões pontuais como a infraestrutura, construção de escolas, equiparação salarial dos professores da Educação Infantil, transporte público, entre outros assuntos.

O primeiro tópico foi a avaliação à frente da gestão educacional. “Obviamente foi desafiador (o início com a pandemia), mas nós tivemos importantes conquistas. Conseguimos fazer um trabalho em equipe, separando um departamento técnico de um pedagógico. Isso trouxe um ganho tremendo para a Educação do Município”, aponta o secretário.

CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA: Educação em Imbituva é tema de conversa junto ao Vamos Ler

Entre as conquistas elencadas por Bobato está o projeto Leitura no Ninho, “algo que marcou bastante a possibilidade que a gente deu para que cada aluno tivesse recebendo um kit, uma mochilinha cheio de livros”. O objetivo é que até o final da gestão cada aluno tenha uma ‘mini biblioteca’ em casa para estimular a leitura.

“Tivemos a aquisição de material didático de qualidade para que todos os alunos tivessem acesso. Foram investimentos muito importantes, em tecnologia: compramos smart TVs 50 polegadas para todas as salas de aula do município, tanto para o interior, quanto para a cidade. Foram mais de R$ 1,2 milhão só em equipamentos de tecnologia voltados para as escolas”, elenca o gestor. 

Bobato cita a construção de escolas nas comunidades do Valinhos, Mato Branco de Cima e Cachoeirinha, além de finalizar a Escola São Miguel. Brinquedos e parques instalados, passando de R$ 300 mil em investimento, além de levar internet à todas as escolas – tanto do interior e da cidade –  fazem parte das ações.

O Município vem preparando uma licitação de uniformes escolares completos para todos os alunos (mais de 3,5 mil), segundo o secretário. Iluminações de quadras escolares para a utilização da comunidade à noite, também foram citadas pelo gestor.

Outros dois pontos elencados foram em relação ao quadro de educadores, colaboradores e ao salário da Educação Infantil. “No ano de 2021 nós investimos quase R$ 30 milhões em educação. O PSS foi algo que marcou bastante”, cita Bobato, com a contratação de serviços gerais para toda as escolas e Cmeis, além de professores para ambos.

Já na questão dos professores da Educação Infantil, o secretário cita que foi corrigida a falta de equiparação com os educadores do Ensino Fundamental, o que trouxe um reajuste de até R$ 1,1 mil a alguns docentes. “Estamos iniciando, e acredito que até o final do ano ficará pronto, o novo plano de cargos e salários da Educação, para todos os profissionais”, complementa.

O transporte escolar terá uma licitação que terceirizará 100% da frota, ampliando as linhas. A estrutura e infraestrutura das escolas, com compra de materiais, também foi destaque. Para fechar, o processo licitatório de uma grande creche foi citado por Bobato. “Vamos construir um espaço que vai ofertar, triplicar o número de vagas para atendermos a nossa comunidade”, cita. E conclui afirmando que “investir massivamente em Educação é investir no município de Imbituva”.

Vamos Ler

Bobato cita a participação junto ao Vamos Ler e o amplo trabalho que a rede municipal vem realizando em 2022, destacando-se no número de produções. “O engajamento tem sido surpreendente da comunidade escolar, dos nossos alunos, professores, direções. Semanalmente a gente vê os alunos trabalhando, refletindo, por meio do projeto Vamos Ler e publicando nos blogs. Isso tem um ganho enorme: está exercitando a leitura, o texto escrito e ao mesmo tempo está incentivando os alunos a se apropriarem destas tecnologias da informação da comunicação”, aponta o gestor sobre o projeto.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right