Educação financeira estimula debate em turmas de Carambeí

Kits educativos, conversa em sala de aula, jogo da forca e outros recursos mostraram amplo conhecimento dos alunos da Escola Rural Santa Cruz sobre o tema

Vídeos e materiais educativos ajudaram a elucidar informações voltadas à educação financeira
Vídeos e materiais educativos ajudaram a elucidar informações voltadas à educação financeira -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Kits educativos, conversa em sala de aula, jogo da forca e outros recursos mostraram amplo conhecimento dos alunos da Escola Rural Santa Cruz sobre o tema

A educação financeira, tema cada vez mais relevante e recorrente no ensino, teve um amplo desenvolvimento junto aos 3º e 5º anos da Escola Rural Municipal Santa Cruz em Carambeí. A professora Carolline Marcos da Silva comenta como o assunto foi abordado junto aos alunos nas aulas presenciais, além dos recursos utilizados.

“Para a realização dessa temática, firmamos uma parceria com a Cooperativa Sicredi de Carambeí. Em contato com eles, solicitei algum material educativo sobre educação financeira Foram disponibilizados kits com três gibis da Turma da Mônica que aborda essa temática e, junto ao kit, um cofrinho”, destaca a docente.

Segundo a educadora, os materiais foram distribuídos a todos os alunos da escola. Em um primeiro momento, na sala de aula, alguns vídeos da Turma da Mônica encontrados na internet foram disponibilizados aos alunos, com os temas ‘De onde vem o dinheiro’, ‘Orçamento Familiar’, ‘A recompensa de quem sabe administrar o dinheiro’, ‘Formas de economizar’, ‘Aprendendo a economizar’ e ‘Prevenção e Proteção’.

“Durante os vídeos, fomos discutindo tudo que foi abordado neles. As crianças interagiram bem com relação as temáticas abordas. Em um segundo momento, realizamos um jogo online da foca. Nesse jogo, as crianças tinham que descobrir a palavra sobre a temática educação financeira também”, aponta Carolline.

Houve a entrega dos kits para as crianças, que puderam explorar o material em sala de aula, lendo as histórias e realizando as atividades escritas nos gibis. Para complementar, a professora cita que os alunos tinham conhecimento sobre a temática, com ampla discussão sobre os vídeos que foram apresentados.

“A principal observação é que eles sabem como economizar no orçamento familiar, como desligar luzes acessas à toa, gastar menos água – como não demorar no banho – ajudar a economizar no mercado, etc. Outra observação é, quando indagados, se eles tinham desejo de economizar para comprar algo, como brinquedo, eletrônico. As respostas mais ditas por eles seria que, sim, e os desejos mais relatos seriam um celular, videogame ou algum brinquedo”, explica a docente.

Por fim, Carolline cita que na entrega dos kits às crianças, conhecendo a parceria com o Sicredi, houve comentários como ‘esse é o banco do meu pai’. “Ou seja, eles sempre acompanham seus pais ao banco, sabem que o dinheiro vem de lá e que é o pagamento de todo o mês dos pais trabalhado. Acredito que conseguimos atingir o objetivo de que eles podem ajudar em casa e economizar com pequenos gestos e atitudes”, conclui a educadora.

Acesse o blog escolar da Escola Rural Santa Cruz clicando aqui.