PUBLICIDADE

Prefeita confirma reunião com a Nissin Food no Japão

A prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) viaja amanhã (1) ao Japão. A comitiva poderá destravar uma negociação com a Nissin, que pretende instalar uma unidade em Ponta Grossa

A vinda da Nissin a Ponta Grossa poderia gerar mais de 350 empregos diretos em um investimento inicial de R$ 300 milhões
A vinda da Nissin a Ponta Grossa poderia gerar mais de 350 empregos diretos em um investimento inicial de R$ 300 milhões -

Marcus Benedetti

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) embarca amanhã (1) para o Japão em viagem definida como uma missão comercial internacional. A chefe do Executivo integra uma comitiva do Governo do Paraná que conta com secretários, políticos e lideranças do Estado. O objetivo é estreitar relações econômicas e diplomáticas com o país asiático. Entretanto, para Ponta Grossa, a ida de Elizabeth ao Japão pode significar o avanço nas negociações com a Nissin Food Products Corporation Limited, que pretende instalar uma unidade em Ponta Grossa. As conversas entre o Poder Executivo e a empresa acontecem desde 2016. 

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, a prefeita confirmou a informação de que buscará destravar a negociação e informou que já existe uma reunião marcada na matriz da empresa no dia 8 de março. “De todas as indústrias que iremos fazer uma visita, nós também visitaremos a matriz da Nissin. Estaremos lá conversando. Se nós tivermos uma notícia importante, eu serei a primeira a transmitir a vocês no Brasil. Já pensou? Seria muito legal”, declarou a gestora, que estará acompanhada pelo Secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Paulo Pinto. 

Entretanto, na sequência da entrevista, Elizabeth ‘desconversou’, afirmando que a viagem pode também atrair outros investimentos para a cidade. “A missão de agora tem o intuito também de destravar outros mercados e negócios, outras possibilidades de receber recursos de diferentes países, como o Japão. Os japoneses já reconhecem o Paraná e Ponta Grossa como uma terra de bons negócios e de grande desenvolvimento”, explicou. 

CONVITE 

A chefe do Executivo explicou que o convite para ir ao Japão foi realizado pelo cônsul-geral de Curitiba, Keiji Ramada. Segundo ela, será uma oportunidade para divulgar as possibilidades de desenvolvimento de Ponta Grossa e atrair novos investimentos. “Acredito que essa é uma oportunidade imensa para nós nos aproximarmos cada vez mais de potenciais investidores e futuros clientes para o nosso parque industrial. O Japão é o país mais industrializado do mundo e nós teremos a oportunidade de fazermos visitas a inúmeras indústrias”, revelou. 

FOODEX 2023

Além das visitas e reuniões programadas em diferentes indústrias, a prefeita Elizabeth Schmidt também participará da Foodex Japan 2023, a maior feira alimentícia da Ásia, que acontece entre os dias 7 e 10 de março

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE