PUBLICIDADE

Sandro Alex se posiciona contra o uso da linguagem neutra

Linguagem passou a ser usada pelos órgãos oficiais do governo federal

O deputado federal Sandro Alex (PSD) se posicionou contra a utilização da linguagem neutro nos órgãos oficiais do governo
O deputado federal Sandro Alex (PSD) se posicionou contra a utilização da linguagem neutro nos órgãos oficiais do governo -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Agência Brasil, órgão oficial de comunicação do governo, passou a adotar em algumas matérias a linguagem neutra, utilizada para abranger todos os gêneros além dos tradicionalmente aceitos pela sociedade (masculino e feminino), de modo a tornar a comunicação mais inclusiva. Com a repercussão do caso, o deputado federal Sandro Alex fez questão de se posicionar. 

“A estrutura do português não suporta um gênero neutro, que existia no latim e persiste no alemão, mas desapareceu nas línguas neolatinas. A gramática é como um edifício, você mexe na parte externa, que é a pintura, que são as palavras, mas não na estrutura, na parte interna”, declarou o parlamentar ponta-grossense ao mencionar uma matéria da Agência Brasil, que trata sobre o encontro de parlamentares LGBTQIA+ em Brasília. “Parlamentares eleites reúnem-se pela primeira vez em Brasília”, diz o título da reportagem em questão. 

No final do texto, a Agência Brasil deixa claro que o uso do gênero neutro foi uma solicitação. “A pedido das parlamentares eleites, a repórter utilizou o gênero neutro nas construções das frases”, diz a nota de rodapé. 

“Sim, é necessário o respeito a todos e também com a língua portuguesa”, completou Sandro Alex. Nos comentários da postagem, a maioria dos seguidores acompanharam a crítica do parlamentar. 

ADOÇÃO DA LINGUAGEM 

Nos primeiros dias de 2023, integrantes do governo do presidente Lula (PT) utilizaram a linguagem não binária em cerimônias oficiais. Na cerimônia de posse, o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, começou seu 1º discurso no Palácio do Planalto com a frase “Boa tarde a todas, a todos e a todes”.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE