PUBLICIDADE

PG oferece 5 mil vagas de emprego nesta terça-feira

Agência do Trabalhador reabre nesta manhã com uma oferta recorde de vagas de emprego. Há oportunidades de primeiro emprego, vagas temporárias, efetivas, para PCDs e estágios

Diretor da Agência, Nilton Gomes, em live ao Portal aRede e Jornal da Manhã, disse que uma estrutura especial foi montada aos candidatos
Diretor da Agência, Nilton Gomes, em live ao Portal aRede e Jornal da Manhã, disse que uma estrutura especial foi montada aos candidatos -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Agência do Trabalhador de Ponta Grossa reabre, nesta terça-feira (3), com uma oferta recorde de vagas. No total, cinco mil oportunidades de emprego serão disponibilizadas, um valor inédito para o município em um único dia. São vagas para todos os setores da economia, com vagas para todos os tipos de candidatos, desde quem busca o primeiro emprego a quem tem mais experiência no mercado de trabalho, bem como oportunidades para pessoas com deficiência, demandas temporárias e estágios. As ofertas, segundo a Prefeita Elizabeth Schmidt, refletem o momento pelo qual a cidade passa, com a economia aquecida e a necessidade do aumento da demanda de mão de obra.

Para que fosse possível um número tão alto de oportunidades, explicou o diretor da Agência do Trabalhador, Nilton Gomes, em live ao Portal aRede e Jornal da Manhã, houve um árduo trabalho da Agência, junto às empresas, para a captação de vagas, e o desenvolvimento de parcerias com agências de emprego particulares da cidade. No total, mais de 400 empresas estão ofertando vagas. “Queríamos entregar, no começo do ano aos ponta-grossenses, uma notícia boa. Queiramos trazer para as pessoas o trabalho a dignidade, o salário, e fizemos em dezembro uma busca ativa nas empresas, entramos contato com as agências privadas para trazer essas vagas, e entramos contato com todos setores e deixando vagas não urgentes para janeiro, porque nas últimas semanas de dezembro há baixa procura pelos trabalhadores”, disse.

Entre as vagas, Gomes faz um detalhamento das ofertas. “Estamos com mais de 100 vagas de estágio, com vagas para menor aprendiz, tem vagas para professores pedagogos, que são para Ponta Grossa e região. Estamos com áreas de produção, safristas, que são temporários, e com vagas para PCD - são mais de 130 vagas em diversos setores. Os mercados abriram também vagas, onde teremos um atacadista fazendo entrevistas na Agência para fazer a colocação”. Ele estima que entre 50% e 60% das vagas sejam preenchidas no decorrer do mês. “Esperamos que nossa intermediação garanta um número expressivo de colocações no mercado de trabalho. Considerando a média das últimas ações, estimamos que 80% do público que comparecer na Agência, saia com pelo menos uma carta de encaminhamento para os empregadores”, completa.

ESTRUTURA ESPECIAL

Para receber todas as pessoas esperadas, mais de mil, uma estrutura especial está sendo montada. “Vamos colocar duas tendas fechadas, para que, se por ventura, tenhamos chuva ou sol, esse pessoal fique abrigado na parte externa. Nelas, o pessoal será atendido com senhas, que serão distribuídas”, informou. A agência foi dividida para receber os atendimentos de seguro-desemprego de forma separada, e dois pisos serão reservados para atender os trabalhadores. Para quem não conseguir ser atendido nesta terça, as senhas também serão distribuídas para os próximos dias. O atendimento ocorre das 8h às 16 horas.

Agência oferece qualificação

O secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Carlos Loureiro Neto explica que algumas empresas realizarão o processo de entrevistas no mesmo dia, na Agência. “Estaremos, também, orientando os munícipes, auxiliando na formatação de currículos e encaminhando para cursos de capacitação gratuitos. Por isso, os interessados deverão comparecer na Agência do Trabalhador munidos de documentos pessoais e com o currículo, se tiver”, finaliza Loureiro.

 Prefeita exalta momento de desenvolvimento

A prefeita Elizabeth Schmidt comemora a quantidade de vagas disponibilizadas. Para ela, isso é reflexo do momento da economia, mas também pelo trabalho desempenhado pela Prefeitura nos últimos anos, tanto na atração de investimentos, mas também na facilitação na abertura de empresas na cidade. “Iniciamos o ano do bicentenário de nossa cidade com força total, levando emprego e renda para a população, mas principalmente gerando riqueza e desenvolvimento. Entre as principais cidades do Paraná, Ponta Grossa foi a que mais cresceu em população, além disso, o PIB também demonstra esta pujança, sendo o emprego, uma consequência de tudo isso”, disse Elizabeth.

Com informações da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE