PUBLICIDADE

Vereadores comemoram recursos para tratamento de autistas

De acordo com uma emenda protocolada ao Orçamento Geral do Município, cerca de R$ 1 milhão será destinado para o tratamento de pessoas com Transtornos do Espectro Autista

A emenda foi aprovada por todos os vereadores da Câmara Municipal de Ponta Grossa.
A emenda foi aprovada por todos os vereadores da Câmara Municipal de Ponta Grossa. -

Marcus Benedetti

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG) aprovou, nesta segunda-feira (19), o Orçamento Geral do Municipal para 2023. De acordo com o projeto, Ponta Grossa terá o maior orçamento de sua história, passando dos R$ 1,3 bilhão. Dentro deste orçamento, uma emenda do vereador Julio Kuller (MDB) destina cerca de R$ 1 milhão para o tratamento de portadores do Transtorno do Espectro Autista no município. 

“Estou muito feliz na data de hoje, pois estamos aprovando a emenda aditiva número 3 com um esforço pessoal meu, mas com a contribuição de todos os vereadores. Queria fazer um elogio ao Filipe Chociai em alterar o projeto e colocar essa emenda no orçamento”, destacou Julio Kuller. 

De acordo com o parlamentar, o ideal seriam R$ 4 milhões destinados para a causa, mas o valor de R$ 1 milhão já ajudará as famílias que precisam do tratamento. “Estamos colocando à disposição para que o município invista esse valor a favor dos autistas. Muitos dizem que é despesa, mas todos os tratamentos que são disponíveis para as crianças com autismo são investimentos para o futuro. A luta é grande, teremos um ano com muitas dificuldades, mas agradeço aos senhores vereadores pela contribuição”, completou o vereador do MDB. 

Na sequência, o vice-presidente da Câmara Felipe Chociai (PSD) também destacou a importância dos recursos e valorizou o trabalho do Poder Legislativo para que a emenda fosse acrescentada no projeto inicial. “Essa é uma conquista da Câmara. Parabenizo o senhor (Julio Kuller) por trazer à tona essa questão. Também destaco as emendas impositivas, que tornou possível que os vereadores pudessem dar sua contribuição e que, impositivamente, consigamos atender pedidos necessários importantes. Tenho certeza que diversas pautas serão atendidas graças ao esforço desta Câmara Municipal. Quem acaba ganhando, no final das contas, é a população de Ponta Grossa”, finalizou. 

A maior parte dos recursos previstos no Orçamento Geral do Município serão destinados para a educação, e na sequência, para a área da saúde. A emenda que prevê os recursos para o tratamento de autistas foi aprovado por unanimidade por todos os 17 vereadores presentes.  

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE