PUBLICIDADE

Prefeitura cria fundo municipal para os bombeiros de PG

Recursos serão utilizados para custear despesas e aprimorar os serviços prestados pelo Corpo de Bombeiros de Ponta Grossa

Tenente Coronel Carlos Alberto, comandante do 2º Grupamento de Bombeiros (GB) de Ponta Grossa.
Tenente Coronel Carlos Alberto, comandante do 2º Grupamento de Bombeiros (GB) de Ponta Grossa. -

Marcus Benedetti

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Câmara Municipal de Ponta Grossa aprovou, na última segunda-feira (12), o Projeto de Lei nº 348/2022, que institui o Fundo Municipal de Prevenção e Atendimento a Sinistros da Fração do Corpo de Bombeiros em Ponta Grossa - FUMCOB. A proposta, de autoria do Poder Executivo, prevê que o fundo tenha recursos de até 0,1% ao ano do total das receitas da Prefeitura Municipal. 

De acordo com o ofício do projeto, o FUMCOB tem como objetivo angariar e administrar recursos para os bombeiros. Esse dinheiro seria destinado para o aprimoramento dos serviços prestados; para a manutenção de bens móveis e imóveis; a aquisição de equipamentos para suporte técnico e operacional; a construção e ampliação de instalações e manutenção e custeio de despesas de administração. 

"Hoje iremos viver novamente mais um momento histórico para nossa corporação. Nosso Corpo de Bombeiros está desde 2009 sem nenhum fundo de arrecadação municipal. Mas hoje os senhores terão a oportunidade de votar o fundo municipal para os bombeiros. Eu recebi quase todos os senhores no quartel, pudemos conversar sobre isso e esperamos o apoio do senhores, porque realmente temos muito trabalho a fazer e precisamos de determinado recursos", afirmou o Tenente Coronel Carlos Alberto, comandante do 2º Grupamento de Bombeiros (GB) de Ponta Grossa, antes da votação do projeto - aprovado de forma unânime. 

"Agradeço a todos os senhores que sabem da nossa luta. Se Deus quiser, em abril ou maio teremos a formação de novos bombeiros. O nosso comprometimento é ativarmos o quartel do Distrito Industrial, atender aquela região, reformar aquele local e colocarmos em uso das brigadas e dos munícipes", completou o tenente. 

Quem também ressaltou a importância do fundo para os bombeiros foi o Vereador Pastor Ezequiel Bueno (Avante). “Vejo que desta vez vamos, realmente, compensar o Corpo de Bombeiros com esta lei. Agora sim eles vão ser reconhecidos pelo município de Ponta Grossa. Então, hoje temos a chance de parabenizá-los oferecendo esse fundo”, disse o parlamentar.

O FUMCOB atuara em parceria com a Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública e o titular da pasta será o responsável pela administração dos recursos, juntamente com um Grupo Gestor formado por representantes do Poder Executivo, dos Bombeiros e da sociedade civil, através do Conselho Comunitário de Segurança.

Além disso, o fundo poderá receber doações de empresas privadas ou pessoas físicas que, eventualmente, desejem contribuir para a manutenção do Corpo de Bombeiros. 

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE