PUBLICIDADE

FASPG realiza treino para servidores sobre programa ‘Auxílio Brasil’

Objetivo da atividade foi o fortalecimento do trabalho entre as Políticas Públicas, prevenindo situações que gerem condicionalidades aos beneficiários da iniciativa

Evento foi realizado no auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
Evento foi realizado no auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa (FASPG), através da 'Divisão de Gestão de Benefícios', realizou na última sexta-feira (7), no auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), o '2º Encontro das Condicionalidades do Auxílio Brasil'. O evento teve como público-alvo os profissionais da Rede de Educação Estadual e Assistência Social que trabalham com as famílias beneficiárias do 'Programa Auxílio Brasil'. O objetivo do encontro foi o fortalecimento da articulação do trabalho entre as Políticas Públicas, prevenindo situações que gerem condicionalidades aos beneficiários do Programa.

De acordo a presidente da FASPG, Vinya Mara Anderes Dzievieski Oliveira, as condicionalidades são compromissos assumidos pelas famílias e pelo poder público nas áreas de Educação, Saúde e Assistência Social para continuidade no recebimento dos benefícios do Auxílio Brasil. “Para ter direito ao benefício, na área de educação, a exigência de frequência escolar mínima é de 60% para beneficiários de 4 e 5 anos, 75% para beneficiários de 6 a 17 anos e 75% para beneficiários de 18 a 21 anos incompletos (que estejam matriculados na educação básica)", explica.

Vinya salienta que na área da Saúde, os responsáveis devem levar as crianças menores de 7 anos para tomar as vacinas recomendadas pelas equipes de Saúde e para pesar, medir e fazer o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento, a cada 6 meses, conforme calendário de acompanhamento. “As gestantes devem fazer o pré-natal e ir às consultas na Unidade de Saúde”, disse.

As famílias que descumprirem os compromissos assumidos com o 'Programa Auxílio Brasil' podem sofrer efeitos gradativos, que vão desde advertência, bloqueio, suspensão até o cancelamento do benefício. Além disso, as famílias que tiverem interrupção do pagamento do 'Auxílio Brasil' devido a descumprimento de condicionalidade, deverão procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de sua localidade.

Com informações: assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE