PUBLICIDADE

Mulheres vítimas de violência serão isentas de taxa em concursos de PG

Proposta é do vereador Léo Farmacêutico (PSD)

Léo Farmacêutico explicou a proposta durante a sessão desta quarta-feira (28).
Léo Farmacêutico explicou a proposta durante a sessão desta quarta-feira (28). -

Marcus Benedetti

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Câmara Municipal de Ponta Grossa aprovou em primeira discussão, na Sessão Ordinária desta quarta-feira (28), o Projeto de Lei nº 223/2022, de autoria do vereador Léo Farmacêutico (PSD).

A proposta dispõe sobre a isenção da taxa de inscrição em concursos públicos e/ou processos seletivos realizados pelo Município de Ponta Grossa, às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Durante a Sessão Ordinária, Léo Farmacêutico comentou sobre o projeto. 

“Começando o Outubro Rosa, fico feliz do presidente ter colocado em discussão esse presente para as mulheres de Ponta Grossa. As mulheres que sofrem esse tipo de violência vivem num estado terrível, mas fico feliz em trazer essa ajuda, esse benefício, para que elas possam ser reconhecidas por essa Casa de Leis. Fica aqui o meu desejado que esse projeto seja sancionado e vire lei”, afirmou. 

RECONHECIMENTO

Na sequência, a vereadora Josi do Coletivo (Psol) parabenizou a iniciativa e reconheceu a importância da proposta apresentada. 

“Quero parabenizar o vereador Léo e agradecê-lo pelo projeto como mulher. Nós não estamos nessa situação enquanto mulheres, mas recebendo muitos pedidos de socorro, de ajuda, enfim. Como é importante quando elas se sentem seguras e nada como um emprego público para dar segurança a essas mulheres. Muitas mulheres, a grande maioria, mantém-se num relacionamento abusivo e violento por falta de emprego. Então, quando um vereador homem coloca um projeto como esse, significa que o senhor entendeu qual o verdadeiro papel do homem no sentido de apoiar as mulheres. Isso não significa que o homem quer tomar posição”, disse. 

Agora, o projeto de lei será votado em segunda discussão na Sessão Ordinária da próxima segunda (03) antes de ser sancionado pela Prefeitura Municipal de Ponta Grossa.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE