PUBLICIDADE

Padre Noé Borges Vieira morre aos 63 anos

Vigário da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe estava internado desde o dia 1º de agosto

Paróquia realizará uma missa em homenagem ao vigário neste domingo (14), às 15h30 e às 18h
Paróquia realizará uma missa em homenagem ao vigário neste domingo (14), às 15h30 e às 18h -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O vigário da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, Noé Borges Vieira, morreu na manhã deste domingo (14), aos 63 anos. Segundo informações da Diocese de Ponta Grossa, Noé estava internado desde o dia 1º de agosto por conta de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). A útima atualização a respeito do estado de saúde do vigário foi divulgada na última terça-feira (9). Até então, o quadro de saúde era considerado estável. 

A Paróquia realizará uma missa em homenagem ao vigário neste domingo (14), às 15h30 e às 18h. O velório ocorrerá em Irati, na Paróquia São João Batista. Segundo o Serviço Funerário Municipal, o sepultamento ocorrerá na segunda-feira (15), às 10h30, no Cemitério de Irati. Em nota publicada nas redes sociais, a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe lamentou o falecimento de Noé. “Dai-lhe Senhor o descanso eterno, que a luz perpétua o ilumine, descanse em paz! Amém”, diz o pronunciamento. 

Trajetória

Padre Noé foi ordenado em 1994 e estava há dez anos na Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe. Segundo a Diocese, ele era o único padre viúvo da Diocese de Ponta Grossa. Entre 1994 e 1999, ele também serviu na Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Tibagi. No município de Reserva, o vigário atuou na Paróquia Menino Jesus entre 2004 e 2006.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right