PG investirá R$ 12 mi na manutenção de estradas rurais

Programa Caminhos do Agro realizará a manutenção em mais de 1,2 mil quilômetros de vias vicinais

Obras deverão começar até o final do mês de setembro
Obras deverão começar até o final do mês de setembro -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Para garantir o desenvolvimento do agronegócio de Ponta Grossa, a Prefeitura de Ponta Grossa lança nesta quinta-feira (4), lança o Programa Caminhos do Agro. Com investimentos de aproximadamente R$ 12 milhões, a iniciativa será a mais completa ação de manutenção de estradas rurais da história do município. São mais de 1,2 mil km de vias vicinais que receberão benfeitorias, visando o escoamento da produção rural e a melhoria no tráfego dos moradores da região.

“O programa visa o desenvolvimento da zona rural, simplificando a vida do agricultor ao favorecer o escoamento da produção agropecuária com redução de custos, viabilizando também o acesso às propriedades, serviços de emergência e o deslocamento de pessoas, melhorando cada vez mais a qualidade de vida dos moradores rurais e produtores”, comenta a prefeita Elizabeth Schmidt. 

O secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Bruno Costa, adianta que a licitação prevê a construção e manutenção de saídas de águas pluviais, lombadas, caixas de contenção de água pluvial nas propriedades lindeiras, entre outros serviços. “Além do patrolamento e compactação do solo, contaremos também com o revestimento primário através da aplicação de cascalho, para dar maior aderência e resistência às vias rurais, aumentando ainda mais sua trafegabilidade e segurança”, disse.

Costa destaca que está no pacote de benfeitorias, a sinalização de trânsito, de modo a aumentar a segurança e a fluidez nas vias, ordenando o fluxo de tráfego, possibilitando maior segurança dos veículos e pedestres que nela circulam. “O Programa Caminhos do Agro é mais uma ação da Prefeitura de Ponta Grossa que demonstra o respeito pelo produtor rural”, finaliza o secretário, que salienta que com a publicação do edital, as obras deverão começar até o final do mês de setembro. 

As informações são da assessoria de imprensa