PG é uma das cidades aptas a ter a tecnologia 5G

Sinal promete ser 10 vezes mais rápido que o sistema 4G

Ponta Grossa se antecipou e pediu autorização para receber a tecnologia
Ponta Grossa se antecipou e pediu autorização para receber a tecnologia -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Sinal promete ser 10 vezes mais rápido que o sistema 4G

Com a estreia do sinal de 5G puro no Brasil nesta quarta-feira, Ponta Grossa se destaca por ser um dos municípios do País a já estar apto, legalmente, a receber a próxima geração da internet móvel.

Antecipando-se aos processos legais, a cidade já tem aprovado desde abril um projeto de lei que dispõe sobre o procedimento para a instalação de infraestrutura de suporte para Estação Transmissora de Radiocomunicação, autorizada pela Agência Nacional de Telecomunicações Anatel.

O projeto 335 de 2021 segue a lógica de maior desburocratização possível para a implantação da nova tecnologia. “Este marco legal assegura que Ponta Grossa apareça na vanguarda das cidades brasileiras que permitem a implantação da tecnologia 5G”, destaca a prefeita Elizabeth Schmidt.

“Trazendo o 5G para o mundo de negócios teremos uma latência mais baixa, ou seja, o tempo de resposta e qualidade de transmissão de dados será infinitamente maior e melhor. Isso reflete diretamente na possibilidade de adoção de novas tecnologias pelo mundo empresarial”, explica a presidente da Agência de Inovação e Desenvolvimento, Tônia Mansani de Mira.

5G

A capital Brasília foi a primeira a receber o sinal no país, depois de aprovação pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A tecnologia 5G garante sinal sem interferência de outras frequências e chega a ser dez vezes superior ao sinal 4G, garantindo menor atraso na transmissão dos dados.

Com informações da Assessoria de Imprensa