CRPM lança 'Patrulha Rural 4.0' nos Campos Gerais

Operação permanente de fiscalização em áreas rurais do Paraná contará com 76 equipes no estado

VÍDEO
Operação permanente de fiscalização em áreas rurais do Paraná contará com 76 equipes no estado | Autor: Márcio Lopes/aRede

Agência Estadual de Notícias

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Operação permanente de fiscalização em áreas rurais do Paraná contará com 76 equipes no estado

Na manhã desta quinta-feira (30), com a presença do comandante do 4º Comando Regional de Polícia Militar Coronel Renato Taborda, a PM lançou a 'Patrulha Rural Comunitária 4.0', que tem como objetivo melhorar ainda mais a segurança no meio rural. Em Ponta Grossa, o evento de lançamento foi realizado no 1º BPM, localizado no bairro da Ronda. Clique no player acima e confira a entrevista com o Coronel Renato Taborda.

De acordo com a Polícia, se trata de uma operação permanente de segurança rural. São 228 militares estaduais atuando em todo o Estado, distribuídos em 76 equipes de Patrulha Rural Comunitária; eles vão executar ações e operações de enfrentamento à criminalidade para levar tranquilidade e qualidade de vida à população das áreas rurais do Estado.

O objetivo é intensificar o policiamento ostensivo em distritos e estradas rurais, realizar ações preventivas e repressivas em pontos e localidades através de patrulhamentos, bloqueios, visitas às propriedades e demais demandas da segurança pública. Outro objetivo é aproximar a população desses policiais nos respectivos distritos mais afastados dos centros urbanos.

Esta modalidade de policiamento previne e reprime a incidência de furto/roubo a cooperativas e propriedades rurais, otimizando o tempo de resposta nestas regiões. Também tem como foco atuar contra o chamado “novo cangaço”, “cangaço noturno” ou em locais que precisam de resposta rápida.

Segundo o Coordenador da Patrulha Rural Comunitária, Capitão Íncare Correa de Jesus, a Operação “Segurança Rural” é uma etapa complementar de reformulação da Patrulha Rural que acontece desde novembro do ano passado até os dias atuais. “Entre as iniciativas que fazem parte desta reformulação, está a capacitação de policiais militares na modalidade de patrulhamento em ambiente rural e a atualização da cartilha de segurança rural, a qual deu o nome a Operação Segurança Rural”.

Também explicou que “uma das propostas desta nova patrulha é orientar os moradores de áreas rurais quanto a segurança física das instalações e na avaliação de possíveis riscos a segurança. Criar grupos regionais de comunicação instantânea para facilitar a vigilância comunitária e instalar placas de identificação da Polícia Militar com o número 19ou sugerindo o uso do APP190″. Encerrou esclarecendo que “é um programa bastante complexo porém, desde que haja interação comunitária e adesão da sociedade, todos em prol da segurança pública, tem tudo para ser um grande sucesso.”

A operação da Polícia Militar acontecerá em áreas que tenham índices criminais altos, conforme levantamento prévio nos sistemas utilizados pela corporação (Business Intelligence, CAPEGEO, SiscopWeb, BOU, dentre outros).