Proerd forma 1299 novos alunos em PG

Programa e formatura retornam para informar e sensibilizar crianças contra o universo do tráfico e da violência

No evento, compareceram 1299 estudantes de 25 escolas públicas, que ao longo do ano receberam orientações para que saibam como agir em relação ao mundo do tráfico de drogas e da violência.
No evento, compareceram 1299 estudantes de 25 escolas públicas, que ao longo do ano receberam orientações para que saibam como agir em relação ao mundo do tráfico de drogas e da violência. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Programa e formatura retornam para informar e sensibilizar crianças contra o universo do tráfico e da violência

Assim como todos os grandes eventos que não puderam ser realizados presencialmente ao longo da pandemia, as grandes e animadas formaturas do Proerd também estão de volta. O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), organizado pela 5ª Cia do Batalhão da Patrulha Escolar Comunitária, da Polícia Militar, realizou nesta sexta (24) uma nova formatura para as crianças que participaram do programa neste ano – em parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa, por meio da Secretaria Municipal de Educação.

Esta foi a primeira de uma série de três formaturas a serem realizadas para todos os alunos dos quintos anos das escolas públicas municipais. No evento, compareceram 1299 estudantes de 25 escolas públicas, que ao longo do ano receberam orientações para que saibam como agir em relação ao mundo do tráfico de drogas e da violência. 

Para a secretária de Educação, professora Simone Pereira Neves, o programa exerce um papel relevante na formação dos alunos. "Esta é uma importante fase para eles, onde em seguida virá uma mudança de escola, com o encontro de novos colegas e novas realidades. Receber, compreender e praticar os conhecimentos adquiridos no Proerd representa um momento muito importante para o processo de amadurecimento pessoal de cada uma das crianças, que precisam efetivamente saber como lidar com possíveis situações que venham a enfrentar em suas trajetórias, protegendo assim o seu futuro", comenta Simone.

Capitão Saulo Vinícius Hladyszwski, hoje vice-prefeito, mostrou-se emocionado ao relembrar que também já foi comandante da Patrulha Escolar. "O Proerd tem uma energia incrível que vem das nossas crianças. Ele representa uma formação muito importante para cada um dos alunos de nosso município e tem um papel de grande relevância na prevenção contra as drogas e à violência".

O Capitão Paulo César Marcondes, comandante da 5ª Cia do Batalhão da Patrulha Escolar Comunitária, anota que o objetivo é preparar as crianças para escolhas sábias. "Nossa expectativa é que os alunos pratiquem sempre as dez lições que tratam sobre como a criança pode resistir e se comportar mediante situações de pressão, difíceis, aprendendo a fazer escolhas seguras e responsáveis, usando o modelo de tomada de decisão do Proerd, para que possam ter um futuro feliz e abençoado para toda a vida", analisa Marcondes.

Juramento

Ao longo do ano, em dez encontros, os alunos recebem orientações sobre como proteger-se do universo do tráfico de drogas, sobre os efeitos de cada uma delas no organismo e sobre as formas de recusar o uso de substâncias entorpecentes. No contexto da violência, também são discutidos o tema do bullying entre os alunos e a necessidade de combater a prática.

Em todas as cerimônias de formatura, os estudantes são convidados a realizar o juramento do Proerd, acompanhando um dos alunos que cita o texto em voz alta: “Eu, aluno Proerd, prometo a mim mesmo, aos meus pais, aos meus professores, à comunidade e autoridades aqui presentes, a ficar sempre longe das drogas e da violência. Assim eu prometo”.

Com informações da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa

Conteúdo de marca

Quero divulgar right