Socorrista de PG auxilia nas buscas em Petrópolis

Aurélio Coutinho abdicou de suas férias pessoais para contribuir durante operação

Aurélio Coutinho abdicou de suas férias pessoais para contribuir durante operação
Aurélio Coutinho abdicou de suas férias pessoais para contribuir durante operação -

Andre Bida

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Aurélio Coutinho abdicou de suas férias pessoais para contribuir durante operação

O socorrista ponta-grossense Aurélio Coutinho atuou como voluntário nas buscas terrestres de uma das maiores tragédias do Rio de Janeiro. No dia 15 de fevereiro, a cidade de Petrópolis recebeu um alto volume de chuvas, ocasionando grandes enchentes, matando centenas de pessoas e deixando milhares sem abrigo.

Pelos serviços prestados, Coutinho recebeu uma moção de honra ao mérito, condecoração elaborada pelo Grupo Especializado em Desastres Naturais (GEDEN). "Esta Honra ao Mérito é concedida a alguém que obteve tal reconhecimento e distinção pela realização de algo notório, de destaque [...]. Nos sentimos orgulhosos e motivados por contar com pessoas tão especiais e que merecem todo nosso respeito. Nossos mais profundos agradecimentos", diz trecho da honraria assinada por Luís Eduardo Moreira Peixoto, presidente do GEDEN.

Socorrista já ajudou nas buscas em Brumadinho

Em 2019, o socorrista também foi voluntário nas buscas terrestres em Brumadinho-MG. De acordo com Aurélio, o resgate de pessoas sempre foi muito importante em sua vida. Além de exercer a função de técnico de enfermagem na Ambev em Ponta Grossa, já trabalhou como socorrista no resgate rodoviário. Segundo ele, a motivação para se deslocar até Brumadinho surgiu quando soube da presença de voluntários sem qualificação presentes nas buscas.

“Por mais que essas pessoas tenham se proposto a ajudar com muita boa vontade, eu sabia que poderia ajudar de maneira muito mais efetiva se estivesse presente na operação e não apenas fazendo as minhas orações do lado de cá”, comenta.