Rapaz morto em confronto com a Rone é identificado

Alan Cristopher de Almeida, 25, possui mandado de prisão por tráfico de entorpecente. Ele morreu a tiros ao reagir contra policiais

Alan Cristopher de Almeida, 25, morreu na noite desta quarta-feira (15), durante operação policial
Alan Cristopher de Almeida, 25, morreu na noite desta quarta-feira (15), durante operação policial -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Alan Cristopher de Almeida, 25, possui mandado de prisão por tráfico de entorpecente. Ele morreu a tiros ao reagir contra policiais

O homem morto durante confronto com uma equipe da Rone, no início da noite desta sexta-feira (15), em Ponta Grossa, foi identificado oficialmente pelo comanda da Operação Pronta Resposta. Trata-se de Alan Cristopher de Almeida, 25 anos. Ele estava com uma pistola e possui mandado de prisão pelo crime de tráfico de entorpecentes, segundo a Polícia Militar. O corpo foi recolhido ao necrotério do Instituto Médico Legal.

O confronto aconteceu por volta das 18h30 na Rua Maria Loreni Baier, no Residencial Londres, na região do Bairro Neves. A Polícia Militar, por determinação da Secretaria de Segurança Pública e do Ministério da Justiça, desenvolve operação especial em Ponta Grossa, para combater o tráfico de drogas, tráfico de armas, contrabando e roubo de cargas.

Em entrevista ao Portal aRede, o capitão Barros, comandante da Rone, prestou outros esclarecimentos sobre a ocorrência. “Estamos com a operação na área do 4º CRPM. Teve lançamento hoje, à tarde, com o Pelotão da Rone fazendo o reforço do policiamento em Ponta Grossa. Por volta das 18h30 a equipe, ao tentar abordar um indivíduo na região, ele empreendeu fuga e depois atirou, sendo necessário o uso da força com o emprego da arma de fogo. O mesmo acabou sendo alvejado. Foi acionada a equipe do Siate que, ao chegar no local com o médico, constatou o óbito. O rapaz possui mandado de prisão por tráfico de droga”, detalhou.