PUBLICIDADE

Dia D do Primeiro Emprego reúne empresários em PG

Benefícios fiscais podem chegar a 40% do salário do trabalhador que não tiver carteira assinada

Ação ocorreu na tarde desta terça-feira na Agência do Trabalhador
Ação ocorreu na tarde desta terça-feira na Agência do Trabalhador -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Benefícios fiscais podem chegar a 40% do salário do trabalhador que não tiver carteira assinada

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, realizou nesta terça-feira (3), o Dia D do Primeiro Emprego (Prompe), na Agência do Trabalhador. O evento contou com a presença de autoridades e empresários, representando empresas de micro, pequeno, médio e grande porte, que foram sensibilizados da importância da iniciativa para a cidade.

Deste modo, de acordo com a Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, as empresas que aderirem ao programa, contratando colaboradores que não possuem nenhum registro em carteira, terão direito a vantagens fiscais, como por exemplo, descontos em impostos no valor de até 40% do salário mínimo, por mês, por colaborador contratado.

O secretário municipal José Carlos Loureiro Neto destaca que o Prompe contempla não somente o trabalhador, mas também o empresário. Segundo ele, o benefício fiscal será deduzido do total de tributos municipais do ano subsequente. Neste ano, contamos com 200 vagas que serão subsidiadas pelo Município. Para se ter uma ideia, o benefício fiscal está R$ 484,00 por trabalhador mensalmente e R$ 5.817,60 por ano, por colaborador contratado pelo Programa”, conta.

Loureiro ainda explica que serão concedidos créditos exclusivamente para quitação de tributos municipais como IPTU (sobre imóvel próprio ou locado pela empresa); ITBI (para aquisição de imóvel para a empresa); bem como para a Taxa de Fiscalização de Funcionamento do estabelecimento. “As empresas interessadas devem cadastrar-se na Coordenadoria de Desenvolvimento Industrial, Comercial e Tecnológico da Secretaria, através do endereço eletrônico a ser disponibilizado na página da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa na internet”, pontua.

Porta de entrada para a vida profissional

Para o empresário César Tozetto, que representa o Sindicato dos Mercados de Ponta Grossa, a Agência do Trabalhador vem desempenhando um papel importante na qualificação e alocação de jovens para o mercado de trabalho. “O comércio é um setor que emprega muitos jovens que, com o tempo, vão progredindo na carreira e se qualificando.  Quem está iniciando no mercado de trabalho precisa de um apoio para ter acesso às vagas profissionais. A Agência é uma grande parceira, é o meio que utilizamos para ter acesso às pessoas que estão iniciando para que os empresários preencham as vagas, dentro da rotatividade das empresas”, afirma.

Destaque estadual em geração de emprego e renda

Segundo dados levantados pelo Governo do Estado, as Agências do Trabalhador do Paraná já indicaram, em 2022, mais de 100 mil pessoas para vagas de emprego, sendo Ponta Grossa responsável por mais de 30 mil encaminhamentos.

De acordo com o diretor da Agência do Trabalhador, Nilton Gomes, o Município vem se destacando na geração de emprego e renda em todas as frentes, além de oportunizar a primeira oportunidade de trabalho para os jovens ponta-grossenses. “No próximo feirão do emprego, por exemplo, iremos oferecer mil oportunidades de emprego, junto com todas as agências de Ponta Grossa. Estamos oportunizando o emprego para muitas famílias”, salienta.

O próximo Feirão do Emprego, Qualificação e Renda está marcado para este sábado, dia 7 de maio, no período da manhã, na Estação Saudade.

As informações são da assessoria de imprensa 

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE