Mariano Atacadista abre 160 vagas de emprego em PG

Oportunidades serão ofertadas nesta quinta-feira, durante a ação “Agência do Trabalhador Móvel”, que será realizada no Terminal Central

Vagas para o novo atacarejo na cidade serão disponibilizadas nesta quinta-feira
Vagas para o novo atacarejo na cidade serão disponibilizadas nesta quinta-feira -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Oportunidades serão ofertadas nesta quinta-feira, durante a ação “Agência do Trabalhador Móvel”, que será realizada no Terminal Central 

O Mariano Atacadista, primeiro atacarejo do grupo Ivasko que será aberto em Ponta Grossa, em Uvaranas, estará disponibilizando nesta quinta-feira (14), através da Agência do Trabalhador de Ponta Grossa, 160 vagas de emprego. As oportunidades de trabalho serão disponibilizadas no Terminal Central, das 9h às 13 horas, através da ação Agência do Trabalhador Móvel. Há a oferta de empregos para mais de 10 cargos diferentes dentro da empresa. 

Entre as oportunidades de emprego disponibilizadas pelo grupo mercadista estão operadores de caixa (60 vagas), repositores (10 vagas), zeladores (10), padeiros (10), confeiteiros (10), açougueiros (10), auxiliares de açougue (10), balconistas (10), fiscais de loja (10), cartazistas (5) e encarregados (15 vagas). Segundo explica o diretor da Agência do Trabalhador, Nilton Bahls Gomes, algumas dessas vagas serão disponibilizadas exclusivamente na quinta-feira, na ação no Terminal Central. A principal exigência aos interessados é ter Ensino Médio completo e experiência de seis meses no cargo pretendido.

Como antecipou o diretor da Agência, nesta ação os profissionais da Agência do Trabalhador estarão fazendo a seleção dos interessados para que sejam posteriormente encaminhados para as entrevistas, que ficarão a cargo de profissionais do grupo que fará a contratação. Bahls lembrou que as obras no local estão bastante aceleradas, com a perspectiva de inauguração para meados deste ano. Dessa forma, a empresa pretende fazer a contratação logo, para que possa proceder com o treinamento desses futuros funcionários.

O mercado está em construção na rua Valério Ronchi, no bairro Neves, em um terreno de aproximadamente 13 mil metros quadrados quase em frente ao Matadouro Municipal. O investimento total nessa bandeira atacadista do grupo Ivasko, de Irati, é de aproximadamente R$ 20 milhões. Além de um mercado, no local será também construído um posto de combustíveis, que levará o nome de “Rotta 400”, o qual pertencente ao grupo Ivasko.

Além dessas 160 vagas para o mercado atacadista, outras 300 oportunidades serão disponibilizadas na ação no Terminal Central, para as mais variadas áreas de atuação, com diferentes exigências de requisitos para as vagas. Para o secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Loureiro Neto, o objetivo da Prefeitura é de adotar uma postura cada vez mais ativa no que se refere à colocação no mercado de trabalho. “Estamos trabalhando para garantir a qualificação da população para um maior aproveitamento das vagas disponibilizadas. Ações com a Agência do Trabalhador Móvel aproximam os munícipes do poder público levando cidadania e possibilitando a inserção no mercado de trabalho”, finaliza Loureiro.

 Serviços serão ofertados na ação

Além das vagas de emprego, a ação Agência do Trabalhador Móvel também ofertará uma série de serviços aos munícipes, como oportunidades de estágio remunerado, orientações para a confecção de currículos e carteira de trabalho digital. “Ofereceremos também vagas exclusivas para o curso gratuito de Estratégia de Vendas de Vitrine ao Atendimento, que acontecerá entre os dias 25 de abril a 3 de maio, no Senac, no período da manhã”, comenta Nilton Gomes, diretor da Agência do Trabalhador. “Contaremos ainda com exames de visão, aferição de pressão e cortes de cabelo gratuitos. A Sanepar contará com atendimento para tirar dúvidas e realizar parcelamentos de contas de água e a Unopar orientará os munícipes em relação a Declaração do Imposto de Renda”, adianta Gomes, lembrando ainda que o Departamento de Qualificação Profissional auxiliará os usuários do transporte coletivo a confeccionarem o próprio currículo. 

Com informações das assessorias