Cesta básica cai 0,5% em PG e passa a custar R$ 666,43

Dos 33 produtos que compõem a cesta básica, 15 ficaram mais caros, 17 mais baratos e um permaneceu com o mesmo preço

A cebola foi o produto que ficou mais barato, com  uma
retração de 39,30% em relação ao mês de anterior
A cebola foi o produto que ficou mais barato, com uma retração de 39,30% em relação ao mês de anterior -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Dos 33 produtos que compõem a cesta básica, 15 ficaram mais caros, 17 mais baratos e um permaneceu com o mesmo preço

O custo médio da cesta básica chegou a R$ 666,43 em Ponta Grossa, neste mês de junho. O cálculo é do Núcleo de Economia Regional e Políticas Públicas (Nerepp), da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), que aponta para uma retração de 0,59% em relação ao preço cobrado na primeira semana de maio. Dos 33 produtos que compõem a cesta básica, 15 ficaram mais caros, 17 mais baratos e um permaneceu com o mesmo preço.

Com a nova porcentagem, o custo da cesta básica representa 60,58% de um salário mínimo.  A cebola foi o produto que ficou mais barato, com menos 39,30% em relação ao mês de anterior, jogando para baixo o custo do grupo ‘hortifrutigranjeiros’, o qual apresentou maior queda, de 11,55%. O grupo ‘alimentação em geral’ teve um aumento de 1,12%, com o açúcar ficando mais caro (+9,94%) e a bolacha, mais barata (-9,36%). O grupo ‘carnes’ também apresentou queda de 2,50%, sendo a carne bovina com queda de preço de 5,76%. No grupo ‘higiene’, o produto mais caro foi o desodorante (8,37%), enquanto o sabonete ficou mais barato (6,05%). Já o grupo ‘limpeza’ foi o que apresentou maior aumento de preço (3,02%), sendo a esponja o produto mais caro, com aumento de 12,95% no valor. 

A pesquisa caracteriza o consumo básico de alimentação, higiene e limpeza de famílias com 3 membros em média, com renda de 1 a 5 salários mínimos. Os preços são coletados dos serviços de delivery dos supermercados da cidade.

Variação

A metodologia leva em conta uma pesquisa de preços realizada no início de cada mês, a qual é comparada com o mês seguinte. Neste caso, houve a comparação dos valores praticados em maio de 2021 e em junho de 2021. Na primeira semana de maio, o custo da cesta básica na cidade era de R$ 670,39.

Com informações das assessorias