Prefeita de PG vai a Brasília para afinar vinda da ESA

Ponta Grossa é uma das três finalistas do processo de seleção do município que irá sediar a ESA, uma das mais tradicionais instituições militares brasileiras.

Imagem ilustrativa da imagem Prefeita de PG vai a Brasília para afinar vinda da ESA
-

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Ponta Grossa é uma das três finalistas do processo de seleção do município que irá sediar a ESA, uma das mais tradicionais instituições militares brasileiras.

A prefeita Elizabeth Schmidt cumpriu agenda nesta terça-feira (1º) em Brasília, juntamente com o governador Ratinho Junior e o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, para tratar de assuntos relacionados à vinda da Escola de Sargentos das Armas (ESA) a Ponta Grossa. 

A comitiva esteve na sede da Embrapa, em tratativas com o presidente Celso Luiz Moretti para deliberar sobre a desocupação da Fazenda Modelo, área de 4,5 mil hectares que será destinada à construção da ESA. “Nós formalizamos e tivemos a concordância da Embrapa na destinação dessa área para o Exército. Esse poderia ser um entrave para a vinda da escola, que agora está resolvido”, comemora a prefeita.

Elizabeth também esteve na sede do Quartel do Exército Brasileiro em audiência marcada com o comandante geral do Exército Brasileiro, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, onde apresentou pessoalmente as propostas, o potencial econômico e logístico de Ponta Grossa para ser o município sede da Escola. “Tivemos a oportunidade de mostrar o quanto nossa cidade é preparada para receber a ESA.  Estamos bastante confiantes e nos preparamos agora para receber o general em Ponta Grossa no mês de julho”, comenta.

Ponta Grossa é uma das três finalistas do processo de seleção do município que irá sediar a ESA, uma das mais tradicionais instituições militares brasileiras. O município disputa a Escola com outras duas cidades, Santa Maria no Rio Grande do Sul e Recife, em Pernambuco.

Hoje, Ponta Grossa sedia a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada, e responde efetivamente pelo comando de diversas organizações militares, contendo estrutura diferenciada, como um aeroporto com voos regulares, imóveis públicos disponíveis para a implantação da unidade. 

A decisão de qual será a cidade sede da ESA acontecerá em agosto.

Com informações da assessoria.