PUBLICIDADE

Fora do controle, Fazenda deixa de ser jogo e ganha ares de vale tudo

Descaracterizado e violento, reality rural deixou de ser atrativo até mesmo para amantes do gênero

Fora do controle, Fazenda deixa de ser jogo e ganha ares de vale tudo
Fora do controle, Fazenda deixa de ser jogo e ganha ares de vale tudo -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

É certo que, ao longo de tantas temporadas de A Fazenda, vimos situações de embate que estrapolaram os limites do entretenimento e fizeram o antigo slogan “acima de qualquer suspeita” ir para o ralo. Agora em sua 14ª edição, as estratégias, picuinhas, fofocas e rivalidades simplesmente viraram história antiga. O reality rural deixou de ser uma disputa por um prêmio milionário para se tornar um ringue de vale tudo, onde até mesmo ameaçar a própria produção do programa virou algo corriqueiro.

Minutos depois, em mais um ato de descontrole, Tiago disse que uma produtora do programa havia gritado com ele. Bastante irritado, o peão soltou mais palavrões e fez ameaça. “Tomar no cu, puta que pariu. Eu não quero ninguém gritando comigo. A mulher gritou na minha cara”, esbravejou ele, que ainda resolveu ir procurar a tal produtora (?). Segundo Pétala, seu aliado ainda teve uma discussão com os “ninjas”. A briga não foi mostrada pelas câmeras.

Ao ver Bia voltar como Fazendeira da prova nesta quarta, Tiago ainda destruiu utensílios da cozinha aos berros. A forma de bolo ficou completamente amassada e um prato foi quebrado no auge de sua euforia. Tiago não machucou ninguém, mas os riscos diante de tanta falta de equilíbrio não foram poucos.

E por falar em grupo A, Lucas Santos entrou numa discussão com Shayan na madrugada desta quinta-feira (13/10), e tentou intimidar o iraniano ao fazer sinal de arma com as mãos, deixando subentendido que usa o artefato fora do confinamento. “Você vai ver lá fora… Quando tomar uma surra bem dada… É que eu não posso porque ando com uns negócios diferentes na cinta”, disparou o ex-Carrossel.

Entre outras tantas, ainda vimos Deolane Bezerra humilhar Tati Zaqui com base num boato de que a funkeira teria feito sexo oral em Thomaz Costa. A cantora, por sua vez, rebateu dizendo que a advogada é “chifruda”. O termo faz alusão ao relacionamento com o falecido ex, MC Kevin. Já a atual Fazendeira, Bia e sua falta de educação é a cereja do bolo nesta que vem a se tornar a temporada mais baixo nível e descompensada de todas.

A exemplo do Power Couple, que se projetou como um programa muito interessante de competição entre casais e que se perdeu no meio do caminho. A Fazenda também se descaracterizou. As brigas deixaram de ser interessantes e agora apenas servem para abrir debates sobre o que realmente é válido: a busca pelo dinheiro ou a degradação humana?

O jogo de vale tudo, onde quem humilha mais o outro é o que dá protagonismo, sequer está surtindo efeito na audiência. É entendível que a produção não tem controle sobre o emocional dos participantes e tampouco sobre como eles se comportarão diante de situações adversas, mas é ainda mais notório que não há interesse em fazer com que as regras sejam cumpridas. Só isso já ajudaria.

Acima de tudo, A Fazenda ainda é um programa de TV em transmissão para rede aberta no Brasil. Assim como é inadmissível abuso, assédio e agressão, também não deveria ser permitido apologia a qualquer ato criminoso, seja de quem vier e a quem for. Está faltando encaixar peças em seu devido lugar. Do jeito que está, a qualquer momento A Fazenda pode voltar a ser caso de polícia.

Leia em Metrópoles

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE