Região produz 2,7 milhões de toneladas de grãos

Clima impactou e produção de ambos os cultivos teve queda na comparação com a safra 2019/2020 


Produtores rurais da região dos Campos Gerais concluíram, nos últimos dias, a colheita da primeira safra de soja e milho. Em ambos os cultivos, houve uma redução na produtividade, na comparação com o obtido na safra passada, bem como ficou abaixo do inicialmente previsto. Ambos os cultivares foram prejudicados pelo clima irregular, com períodos de muita chuva por dias seguidos, e depois a estiagem. Contudo, o preço alto de venda dessas commodities, fez desta uma safra rentável aos agricultores. 

No caso da soja, que é o principal cultivar dos Campos Gerais, em uma área plantada de 558,2 mil hectares, o rendimento médio obtido foi de aproximadamente 3,8 mil hectares, informou o economista Gil Oliveira da Costa Junior, que atua no núcleo regional de Ponta Grossa do Departamento de Economia Rural (Deral), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (Seab). Trata-se de uma retração de quase 6% na comparação com o obtido na safra 2019/2020, quando o recorde de 4.038 quilos por hectare foi obtido. Com isso, o total produzido na região deverá ficar na casa de 2,1 milhões de toneladas (no ano passado, 2,24 milhões de toneladas foram produzidos). 

A previsão inicial para esse cultivar nos Campos Gerais era de 3,9 mil quilos por hectare. “Ainda assim ficou dentro do esperado entre 3,7 e 4 mil quilos. Essa quebra, em torno de 5%, ocorreu muito em função do clima. O mofo branco começou a aparecer em janeiro, quando houveram muitos dias de chuva subsequentes, e os produtores não conseguiram entrar com a aplicação de fungicidas”, disse Oliveira, acrescentando que os produtores conseguiram fazer a colheita com a umidade adequada, o que garantiu boa qualidade dos grãos. Isso também favoreceu aos produtores na venda, cujo valor do grão subiu 86% nos Campos Gerais – neste ano o valor médio pago pela saca de 60 quilos é de R$ 168; enquanto que no ano passado, no mesmo período, o valor era de R$ 90.

Já o milho, que ocupou uma área plantada de 68.450 hectares, obteve o rendimento médio de 9,05 mil quilos por hectare. Isso representa uma redução de 16% em relação à safra passada, de 10,85 mil quilos. Quanto ao total produzido nesta safra, o valor aproximado é de 620 mil toneladas. “Essa queda na produtividade ocorreu muito em função da cigarrinha, de difícil controle, mesmo com o pessoal fazendo mais aplicações de inseticidas e diminuindo o intervalo nas aplicações. E para a segunda safra segue a mesma preocupação”, informou Oliveira. Quanto ao preço pago ao produtor, o valor mais que dobrou, subindo de R$ 40 (abril de 2020) para R$ 95,50, ou seja, incremento de 138,75%. 


Clima frio impacta no feijão 

Quanto ao feijão de segunda safra, plantado em área superior a 45,5 mil hectares, a temperatura está impactando na produção, assim com a presença de doença no cultivar. “Com a queda na temperatura, os produtores estão sofrendo um pouco, e em algumas áreas já tivemos relatos de antracnose, que preocupa. A temperatura baixa colabora para o crescimento irregular das plantas”, esclarece Oliveira. Já no que tange ao plantio da safra de inverno, para alguns municípios da regional já abriu a janela do zoneamento, mas o plantio ainda não foi iniciado por falta de chuva. “Os produtores estão segurando o plantio. Embora já estejam liberados, eles aguardam as chuvas para ter condição melhor”, afirmando que a expectativa é de que a área plantada seja semelhante à do ano passado, na casa de 150 mil hectares.

O impacto das restrições no combate à covid-19

O impacto das restrições no combate à covid-19...

Sistema SEI da UEPG economiza 3 toneladas de papel

Sistema SEI da UEPG economiza 3 toneladas de papel...

West Hill: banda lança o seu novo álbum

West Hill: banda lança o seu novo álbum...

ACIPG reúne todos os atores em discussão sobre o pedágio

ACIPG reúne todos os atores em discussão sobre o pedágio...

Comerciantes de PG projetam alta nas vendas para o Dia das Mães

Comerciantes de PG projetam alta nas vendas para o Dia das Mães...

Vereador Jairton recebe 2ª dose da vacina contra a covid-19

Vereador Jairton recebe 2ª dose da vacina contra a covid-19...

Procon e Sanepar discutem medidas para consumidores

Procon e Sanepar discutem medidas para consumidores...

Gaeco investiga envolvimento de PMs em crimes

Gaeco investiga envolvimento de PMs em crimes...

Vale-Mercado voltará a ter agendamento on-line em PG

Vale-Mercado voltará a ter agendamento on-line em PG...

Comando do 1º BPM garante rigor nas investigações

Comando do 1º BPM garante rigor nas investigações...

Educação de PG amplia atendimento remoto aos alunos

Educação de PG amplia atendimento remoto aos alunos...

Operário e Prefeitura se reúnem para tratar adequações no GK

Operário e Prefeitura se reúnem para tratar adequações no GK...

Prefeitura de PG convoca serventes e professoras

Prefeitura de PG convoca serventes e professoras...

Confira os confrontos após o sorteio da Copa do Brasil 2021

Confira os confrontos após o sorteio da Copa do Brasil 2021...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS