PUBLICIDADE

TSE marca julgamento do recurso de Jocelito para esta terça-feira

O ex-prefeito de Ponta Grossa luta na justiça para assumir o mandato na Câmara Federal

Jocelito Canto, ex-prefeito de Ponta Grossa.
Jocelito Canto, ex-prefeito de Ponta Grossa. -

O recurso do ex-prefeito de Ponta Grossa Jocelito Canto (PSDB) está marcado para ser julgado nesta terça-feira (6), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Anteriormente, o processo seria analisado pelo plenário na quinta-feira (1), mas o presidente do TSE Alexandre de Moraes adiou a votação. A justificativa para o adiamento não foi divulgada. A sessão que julgará se Jocelito poderá assumir o mandato de deputado federal começa às 19h e pode ser acompanhada pelo canal oficial do TSE, no YouTube.

A candidatura de Jocelito para o cargo de deputado federal foi impugnada pelo TRE-PR uma semana antes da eleição. Com a decisão em primeira instância e a vitória nas urnas, o radialista entrou com um recurso no TSE para fazer valer os mais de 74 mil votos recebidos e conseguir assumir o mandato na Câmara dos Deputados em 2023.

Jocelito é alvo de uma ação do deputado federal Sandro Alex (PSD), que pede a impugnação da candidatura do ex-prefeito por conta de uma condenação de 2013. Na época, o comunicador foi condenado por ter utilizado um policial em sua segurança particular no período em que esteve à frente da Prefeitura Municipal.

CENÁRIO ATUAL 

O suplente de Jocelito Canto de acordo com a votação do dia 2 de outubro é o ex-governador Beto Richa, segundo candidato a deputado federal mais votado da federação PSDB/Cidadania. Pelas redes sociais, inclusive, Richa se manifestou já como deputado federal eleito. Em seu perfil no Instagram, sua descrição já consta como 'Deputado Federal Eleito'.

A definição oficial, entretanto, acontecerá somente após o julgamento do recurso na noite desta terça.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MAIS DE PONTA GROSSA

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

DESTAQUES

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MIX

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE