Polícia intensifica buscas no PR para prender quadrilha

Cerca de 30 criminosos, fortemente armados, tentaram assaltar uma empresa de transporte de valores de Guarapuava

 

O planejamento ágil e integrado das forças de segurança pública do Paraná impediu que cerca de 30 criminosos fortemente armados obtivessem sucesso na tentativa de assaltar uma empresa de transporte de valores de Guarapuava, na região central do Estado. A operação coordenada pela Polícia Militar do Paraná (PMPR) ocorreu entre a noite de domingo (17) e a madrugada desta segunda-feira (18). O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública, os bandidos fugiram sem concluir o assalto, após intensa troca de tiros na região rural de Guarapuava. Mesmo com o bloqueio das entradas e saídas do 16° Batalhão de Polícia Militar, os policiais estavam em ronda e preparados para a ação. Eles puseram em prática o plano de contingência para impedir e ação e preservar a segurança dos moradores.

“Assim que soube da tentativa de assalto em Guarapuava, neste domingo, me reuni com o comandante da Polícia Militar e o secretário de Segurança Pública e determinei que todos os esforços fossem direcionados para o município e a região, inclusive com aeronaves e equipes especializadas. Temos um trabalho muito sério de inteligência e monitoramento desses grupos criminosos e a operação rápida e corajosa das nossas equipes frustrou o assalto”, destacou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Nossas forças de segurança estão caçando esses bandidos para dar uma pronta resposta à população”.

Secretário de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, se deslocou de Curitiba para Guarapuava ainda durante a madrugada, com reforço de policiais militares, civis e científicos, em aeronaves do Governo do Estado. Atualmente, além dos 60 integrantes do batalhão regional, outros 200 policiais estão atuando na cidade. Três helicópteros do Estado também estão dando suporte, assim como equipes com cães.

“A situação já é de normalidade porque a operação logrou êxito. Os meliantes fugiram sem concluir o assalto graças à pronta resposta da nossa polícia”, afirmou.

Marinho explicou que a PMPR já contava com um plano para ser usado em situações de risco. A estratégia, ressaltou ele, consistiu em fechar as entradas do município, obrigando os criminosos a seguir para o perímetro rural. A ação fez com que os assaltantes, sem conhecimento das vias, se perdessem e abandonassem o local. Eles abandonaram oito carros blindados utilizados na tentativa de assalto e armamento.

“Tiramos eles do centro da cidade para proteger a população, já que a área em que a empresa está localizada é residencial”, disse o secretário.

“Os bandidos tentaram desviar o nosso foco com informações de assalto a bancos e a existência de reféns, além de fechar a entrada e saída do batalhão da PM. Só não contavam que nossos policiais estavam na rua, em rondas frequentes, Logo foram acionados, chegaram os reforços e já impedimos a ação. Levamos o confronto para o perímetro rural para garantir a segurança da sociedade, obrigando-os a fugir sem sacramentar o assalto”, afirmou o coronel Hudson Leôncio Teixeira, comandante-geral da Polícia Militar do Paraná.

A Polícia Militar está na área rural da cidade em busca dos bandidos e conta com a colaboração da população. Há relatos de que alguns estão feridos. Já a Polícia Científica iniciou o processo de análise do material coletado nas armas e carros que foram abandonados pela quadrilha. “O serviço de inteligência da nossa polícia já sabia do indicativo de que poderia ser alvo deste tipo de crime, por isso nossas tropas estavam preparadas e souberam como agir para impedir o assalto”, disse Teixeira.

Dois policiais e um morador da cidade ficaram feridos durante a ação, que contou com apoio de tropas federais. O Ministério da Justiça e Segurança Pública vai apoiar a apuração dos fatos.

HISTÓRICO – Essa não é a primeira vez que a Polícia Militar frustrou uma tentativa de roubo semelhante. Em novembro do ano passado, o batalhão impediu que duas agências bancárias na cidade de Três Barras do Paraná, no Oeste, fossem assaltadas. Na ocasião, a resposta rápida envolveu uma complexa operação de inteligência que contou com unidades da região e de Curitiba.

Assim como agora, o grupo criminoso chegou à cidade durante a madrugada e bloqueou todas as rodovias que dão acesso ao município e, em seguida, iniciou, simultaneamente, os ataques. No entanto, as equipes policiais, que já estavam na região, sabiam dos planos do grupo, reagiram e houve confronto armado, frustrando o ataque.

 

Liberação de R$ 1 mil do FGTS traz otimismo a lojistas

Liberação de R$ 1 mil do FGTS traz otimismo a lojistas ...

Inscrições do 34º FUC são prorrogadas para o final de abril

Os candidatos retornam para as apresentações presenciais após dois anos sem o formato tradicional do ...

Capa da edição desta terça-feira (19/04/2022) do JM

Capa da edição desta terça-feira (19/04/2022) do JM ...

Nova Ferroeste irá gerar mais de 300 mil vagas de emprego

Nova Ferroeste irá gerar mais de 300 mil vagas de emprego ...

Governo autoriza criação de nova loteria '+Milionária'

Governo autoriza criação de nova loteria '+Milionária' ...

Estrutura da segurança precisa ser reforçada

Estrutura da segurança precisa ser reforçada ...

Alunos de Imbaú recebem presentes de Páscoa

Entrega dos ovos de chocolate trouxe alegria aos alunos e contagiou os ambientes educacionais ...

Tibagi elabora planejamento com apoio da Klabin

Prefeito Artur Butina avalia importância da iniciativa para o desenvolvimento municipal ...

O eleitor é uma ‘caixa-preta’

O eleitor é uma ‘caixa-preta’ ...

Porto Amazonas busca parceria para executar obra pública

Prefeito Elias Gomes da Costa se reuniu com o deputado federal Felipe Francischini para apresentar u ...

Prefeito de Arapoti visita obras de recapeamento asfáltico

Obras na Vila Romana tiveram início na última semana ...

Carambeí atrai recursos para retomar obras no Contorno Sul

Prefeita Elisangela Pedroso (PSB) destaca importância do projeto para a industrialização municipal ...

Reserva fecha parceria para construção de 50 novas casas

Acordo com a Caixa Econômica foi assinado pelo prefeito Lucas Machado ...

Obras podem ocasionar falta de água em Telêmaco nesta quarta

Sanepar detalha quais regiões da cidade podem ser afetadas ...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

REDES SOCIAIS