PG inaugura moderna Usina Termoelétrica

A inauguração aconteceu nesta sexta-feira (30). O novo empreendimento irá gerar energia elétrica para hospitais e outros prédios púbicos da cidade

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, juntamente com a Ponta Grossa Ambiental (PGA), concessionária de limpeza urbana da cidade, inauguraram nessa sexta feira (30) a UTB - Usina Termoelétrica a Biogás. A construção da Usina foi anunciada em janeiro de 2020, pelo ex-prefeito Marcelo Rangel, através de uma coletiva de imprensa.

Desde a publicação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), no ano de 2010, o município, juntamente com a PGA, vem implantando melhorias e adequações a fim de atender integralmente os requisitos impostos pela legislação.

No ano de 2016, o município iniciou a coleta seletiva de materiais recicláveis, destinando-os para associações de catadores. Já no ano de 2019 o aterro do Botuquara, foi encerrado, e os Resíduos Sólidos Urbanos passaram a ser destinados para o Aterro Sanitário do CTR Vila Velha.

Por fim, para dar cumprimento integral à Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), iniciou-se um estudo para destinação dos resíduos orgânicos. Após realizar diversas pesquisas para escolha da melhor alternativa, optou-se pela coleta seletiva com aproveitamento energético de fermentação em biodigestores anaeróbios, para produção de biogás a ser utilizado na geração de energia elétrica. Um grande benefício para meio ambiente, gerando economia para o município.

Quais são os benefícios da Usina para o Município e para a População?

Além, é claro, dos ganhos ambientais da destinação dos resíduos orgânicos para aproveitamento energético, a Usina Termoelétrica a Biogás trouxe outros ganhos para o município, como a diminuição nos custos com a destinação destes resíduos orgânicos no aterro sanitário e a redução nas contas de energia elétrica dos prédios públicos municipais.

Além disso, a coleta seletiva dos resíduos orgânicos passa a ser realizada com um caminhão 100% elétrico, o primeiro e único veículo deste tipo na região sul do país. O caminhão, com capacidade para transportar até 7 toneladas de resíduos por viagem, será abastecido com a energia elétrica produzida pela própria Usina, ou seja, em um processo autossustentável.

A UTB iniciará com uma capacidade instalada de processamento de até 12 toneladas de resíduos orgânicos por dia, podendo receber até 30 t/dia. A potência instalada de 520KW, com produção contínua, produzirá energia elétrica suficiente para abastecer o equivalente a 2400 residências. Com a energia elétrica exportada pela UTB será possível abastecer o Hospital Municipal (Pronto Socorro), o Hospital da Criança, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA Santana) e o prédio sede da administração pública (paço municipal).

Por fim, ao término do período de contrato da PGA com o Município, a Usina Termoelétrica a Biogás será revertida para o patrimônio da prefeitura, 100% funcionando e operando.

Como funcionará a Usina?

O caminhão elétrico fará a coleta diária dos resíduos orgânicos (resto de alimentos, hortifrútis, sementes, óleo de cozinha usado, etc.) e transportará até a UTB. Na Usina, o veículo poderá ser descarregado em dois pontos: moega de resíduo limpo (sem contaminantes), ou ser submetido a uma moderna e automatizada linha de segregação, com rasga sacos e peneira rotativa, visando retirar eventuais contaminantes (plástico, vidro e metais) misturados com os orgânicos.

O resíduo então é direcionado para um pré-tanque, onde é analisado e, estando em condições adequadas, é direcionado para os biodigestores. Na UTB foi implantando um dos mais modernos laboratórios de análise de biogás do país, destinado a realizar as análises dos resíduos, o monitoramento dos processos e pesquisas na área.

A UTB conta com 2 biodigestores, sendo que há espaço reservado para ampliação futura com outros 2 biodigestores, passando a capacidade total de recebimento de 30 t/dia para 60 t/dia, e dobrando a capacidade de produção de energia elétrica.

No interior dos biodigestores, bactérias realizam a digestão da matéria orgânica através de um processo anaeróbico (sem a presença de oxigênio), e nesse processo produzem o biogás – um gás composto por grande quantidade de metano, material altamente combustível.

O gás é então direcionado para os motogeradores, onde é queimado, e com isso, produz-se energia elétrica, a qual é transferida diretamente para a rede da Copel.

Marcus Vinícius Nadal Borsato, presidente da Ponta Grossa Ambiental, ressalta que a Usina Termoelétrica a Biogás é um enorme avanço para a cidade: “A Usina tem grande capacidade de tornar Ponta Grossa referência em tecnologia e sustentabilidade – além do atendimento integral da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)”

Decreto libera venda de bebidas alcoólicas até 23h

Decreto libera venda de bebidas alcoólicas até 23h...

Tenista de PG é convocado para torneio internacional

Tenista de PG é convocado para torneio internacional...

Paraná inclui Pfizer e altera Plano de Vacinação

Paraná inclui Pfizer e altera Plano de Vacinação...

PG se destaca no Brasil na energia renovável

PG se destaca no Brasil na energia renovável...

Lojas, mercados e shoppings abrem neste feriado em PG

Lojas, mercados e shoppings abrem neste feriado em PG...

PR deve produzir 40,6 milhões de toneladas de grãos na safra

PR deve produzir 40,6 milhões de toneladas de grãos na safra...

Sanepar investiu R$ 4,6 bilhões nos últimos cinco anos

Sanepar investiu R$ 4,6 bilhões nos últimos cinco anos...

Decreto de Ratinho libera comércio aos domingos

Decreto de Ratinho libera comércio aos domingos...

Bakri destina recursos para a educação de Ponta Grossa

Bakri destina recursos para a educação de Ponta Grossa...

Governador lamenta a morte da prefeita de Querência do Norte

Governador lamenta a morte da prefeita de Querência do Norte...

Castro recebe doação de seis toneladas de alimentos

Castro recebe doação de seis toneladas de alimentos...

PG avalia projeto que incentiva a ovinocaprinocultura

PG avalia projeto que incentiva a ovinocaprinocultura...

Aluna da UEPG apresenta TCC sobre trajetória como autista

Aluna da UEPG apresenta TCC sobre trajetória como autista...

Empreiteira conclui obras na UBS Sady Silveira em Olarias

Empreiteira conclui obras na UBS Sady Silveira em Olarias...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS