Móveis e objetos antigos dão vida à decoração

Atemporal, projeto no apartamento de 67 m² aposta em ambientes com peças passadas de geração em geração

O lar perfeito é aquele onde as pessoas se sentem acolhidas e a arquitetura de interiores transforma cada espaço de forma única e personalizada. Essa foi a proposta dos arquitetos Renato Andrade e Erika Mello, do escritório Andrade & Mello Arquitetura, ao reformar e modernizar este apartamento de 67 m², sob medida, para os proprietários que adoram viagens e faziam questão de integrar as peças de família na composição do novo lar.

Um dos principais desafios para os profissionais foi alinhar o estilo que o apartamento seguiria, já que os moradores gostam do clássico, mas ao mesmo tempo curtem muito o estilo moderno. “Conseguimos trabalhar de forma equilibrada os gostos e desejos dos dois”, diz Erika. O primeiro passo foi criar uma área de estar integrada com os demais espaços, de forma que garantisse amplitude e comunicação visual. Ao mesmo tempo, o propósito era que ela também servisse de pano de fundo para realçar as peças herdadas. E, para que elas tivessem mais destaque e relevância no décor, o apartamento ganhou uma base neutra. Logo na entrada, uma mesinha com cerca de 200 anos, que pertenceu ao tataravô de um dos moradores, compõe o home office. De madeira maciça, o móvel combinou com os painéis que revestem as paredes e formam um lindo contraste com a estante de aço vazada.

Com linhas retas e simples, o sofá é aconchegante e estabelece conexão com os tons do tapete com estampa geométrica. O painel que recebe a TV foi desenhado pelos profissionais e, por ser de madeira, reforça o conforto para os momentos em que os moradores assistem os filmes ou recebem os amigos. A posição estratégica permite que os proprietários assistam enquanto cozinham também. Como os clientes não queriam forro no teto, a iluminação ganhou ares cenográficos: os painéis com fitas de led funcionam como abajur, proporcionando uma luz mais intimista. A sanca, que vem do forro da cozinha, também possibilita um outro efeito visual e os moradores podem escolher o que melhor atende para cada momento.

O projeto é repleto de memórias, a exemplo da cristaleira no hall entrada que armazena a louça presente na família há quase 150 anos. Mesmo com pequenas ranhuras e manchas, as peças fazem parte da memória afetiva do morador, já que serviu o jantar das bodas de seus pais. Outro elemento que chama a atenção é a parede formada por cobogós verdes com linhas orgânicas, que fazem uma delimitação irreverente entre hall e cozinha, além de preencher o espaço de personalidade.

Banheiro tem traços de arabescos

Renato e Erika optaram por usar a varanda para criar a sala de jantar. E no banheiro da suíte, os revestimentos têm desenhos de arabescos, que reforçam o estilo clássico, mas com traços mais contemporâneos. No banheiro da área social, os profissionais elegeram o granilite para a composição, por também trazer referências de memórias para os moradores. “Trabalhamos de forma equilibrada com tudo que foi solicitado pelos moradores, que foram extremamente receptivos para nossas ideias. O resultado agradou a todos nós”, finaliza Erika.

Informações da assessoria de imprensa

PG reúne 2,5 mil professores para abertura do ano letivo

PG reúne 2,5 mil professores para abertura do ano letivo...

Após manifesto, Sindicato quer diminuição de 20% dos comissionados

Após manifesto, Sindicato quer diminuição de 20% dos comissionados...

Inscrições para o 2º Cross Duathlon estão encerradas

Inscrições para o 2º Cross Duathlon estão encerradas...

Alep retoma trabalhos com apresentação de balanço do Governo

Alep retoma trabalhos com apresentação de balanço do Governo...

Confira seu horóscopo para esta terça-feira (04/02)

Confira seu horóscopo para esta terça-feira (04/02)...

Vagas na Agência do Trabalhador para terça-feira (04/02)

Vagas na Agência do Trabalhador para terça-feira (04/02)...

Coluna RC desta terça-feira (04/02)

Coluna RC desta terça-feira (04/02)...

Charge da edição desta terça-feira (04/02/2020) do JM

Charge da edição desta terça-feira (04/02/2020) do JM...

Valorizar o Centro Histórico

Valorizar o Centro Histórico...

Capa da edição desta terça-feira (04/02/2020) do JM

Capa da edição desta terça-feira (04/02/2020) do JM...

Plano Diretor define diretrizes para expansão do aeroporto

Plano Diretor define diretrizes para expansão do aeroporto...

Klabin abre vagas de trabalho em agências da região

Klabin abre vagas de trabalho em agências da região...

O Comércio Exterior e as consequências do efeito 'coronavírus'

O Comércio Exterior e as consequências do efeito 'coronavírus'...

Agricultura familiar terá mais R$ 1 bilhão

Agricultura familiar terá mais R$ 1 bilhão...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS