PUBLICIDADE

O produtor rural exige policiamento constante

Imagem ilustrativa da imagem O produtor rural exige policiamento constante

Uma das maiores preocupações dos produtores rurais é com a insegurança, por conta da ameaça constante de prejuízos por roubos de insumos agrícolas e maquinário. Diante desse caótico quadro, em que se visualiza a fragilidade da segurança e da possibilidade de defesa das vítimas, os produtores rurais têm buscado soluções em direção ao equacionamento dessa grave situação. 

A melhoria na segurança rural depende do trabalho conjunto entre o poder público e a união do campo. Além de o Estado contar com estrutura, como as patrulhas rurais, cabe ao agricultou adotar uma cultura da prevenção. Além de estar em contato constante com os vizinhos através de redes de comunicação instantânea. Investir em iluminação, cercar casas e edificações importantes e manter vegetação baixa também estão na lista dos pontos elencados como prioritários para segurança do local.

As inovações tecnológicas na área de segurança são abordadas e colocadas como aliadas contra a violência rural. A instalação de câmeras que gravam é recomendada, com o alerta de que elas por si só não bastam e não substituem outras medidas de prevenção. 

A Polícia Militar do Paraná lançou uma ação permanente de segurança rural. São 228 militares atuando em todo o Estado, distribuídos em 76 equipes de Patrulha Rural Comunitária. Eles vão executar ações e operações de enfrentamento à criminalidade para levar tranquilidade e qualidade de vida à população das áreas rurais.

O objetivo é intensificar o policiamento ostensivo em distritos e estradas rurais, realizar ações preventivas e repressivas em pontos e localidades através de patrulhamentos, bloqueios, visitas às propriedades e demais demandas da segurança pública. Outro objetivo é aproximar a população desses policiais nos respectivos distritos mais afastados dos centros urbanos.

Esta modalidade de policiamento previne e reprime a incidência de furto/roubo a cooperativas e propriedades rurais, otimizando o tempo de resposta. Também tem como foco atuar contra o chamado “novo cangaço”, “cangaço noturno” ou em locais que precisam de resposta rápida.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MAIS DE EDITORIAL

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

DESTAQUES

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MIX

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

BOLA