PUBLICIDADE

Preço abusivo do combustível precisa ser combatido

Imagem ilustrativa da imagem Preço abusivo do combustível precisa ser combatido

Quem vai pôr freio aos constantes reajustes dos combustíveis? O ponta-grossense obriga-se a mudar os próprios hábitos para se “ajustar” às frequentes altas nas bombas dos postos. O preço da gasolina, etanol e diesel vai inviabilizar economicamente famílias. O Procon tem limitações e pouco pode fazer para mudar este cenário. O governo federal limita-se apenas a trocar o comando da Petrobras a cada período de 40 dias.

Economistas ressaltam que BR Distribuidora foi e vendida sob argumento de que os combustíveis custariam menos, mas hoje o país tem 392 empresas importando gasolina dos Estados Unidos sem pagar impostos, enquanto os brasileiros pagam preços altíssimos pela gasolina, o óleo diesel e o gás de cozinha.

Jair Bolsonaro falou a interlocutores que não quer novos reajustes no diesel, gasolina e gás de cozinha até a eleição em outubro. O presidente está preocupado com o impacto do preço do diesel entre caminhoneiros, categoria que o apoia desde 2018 e que está insatisfeito.

Neste cenário de insatisfação, Ponta Grosa tem uma das gasolinas mais caras da região dos Campos Gerais e do Paraná. Levantamentos feitos pela reportagem do Jornal da Manhã e Portal aRede, junto aos sistemas da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e do Menor Preço, mostram que em diversos outros municípios é possível comprar o combustível mais barato.

No levantamento da ANP, com os preços coletados entre os dias 15 e 21 de maio, o preço médio desse combustível em Ponta Grossa estava em R$ 7,27, com base na coleta de preços junto a 15 postos de combustíveis na cidade. Nesses postos, os preços desse combustível variavam entre R$ 7,19 e R$ 7,29, ou seja, apenas R$ 0,10. Foi a terceira menor diferença observada nas 27 cidades paranaenses onde a ANP faz o levantamento mensal de preços – diferença menor foi observada apenas em Santo Antônio da Platina, de R$ 0,06 em oito postos (R$ 7,19 o mais barato e R$ 7,25 o mais caro) e em São José dos Pinhais, de R$ 0,05 em 15 postos pesquisados (R$ 7,34 a R$ 7,39).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MAIS DE EDITORIAL

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

DESTAQUES

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MIX

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

BOLA