Construção civil movimenta R$ 340 mi na região

Representativo setor da economia gera quase 17 mil vagas de empregos nos Campos Gerais, segundo estimativa da APC

 

Um dos setores da economia mais representativos na região dos Campos Gerais, a construção civil movimenta mais de R$ 340 milhões por ano, gerando em torno de 16,8 mil empregos diretos e indiretos (o que inclui pedreiros, ajudantes, marceneiros, lojas de material de construção entre outros). Os números são uma estimativa da Associação Paranaense de Construtores (APC), cujos representantes estiveram em Brasília, na última quarta-feira (20), em reunião com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, para pedir empenho do governo na liberação de recursos para o programa Minha Casa Minha Vida.

“Em um levantamento que apresentamos ao ministro demonstramos que o setor gera, só na nossa região, mais de R$ 18 milhões em tributos entre ITBI, INSS, ISS e imposto sobre a venda”, apontou Fabiano Gravena Carlin, diretor de Relações Institucionais da APC. Ao apresentar a relevância desses números, o presidente da APC, Gabriel Stallbaum, destacou que o Paraná foi um dos estados que mais foi afetado pela falta de recurso do programa que se estende desde outubro de 2018, revelando a situação delicada porque passa o setor. “O que foi liberado até agora foi insuficiente para atender a demanda de contratos represados. Se o recurso continuar mensalizado, como está hoje, o problema pode se arrastar ainda por meses”, explicou.

A reunião foi marcada por intermédio do senador Álvaro Dias, representado no encontro por seu chefe de Gabinete, Paulo Kepler e do assessor Rafael Milani. Houve o compromisso de que o setor seja atendido. “Tivemos um apoio importante do gabinete do senador. O ministro recebeu nossas demandas e comunicou que já solicitou ao Ministério da Economia uma antecipação de orçamento para que tenha uma liberação maior para os contratos. Vamos aguardar agora a decisão do Paulo Guedes e torcer para que a situação se resolva. Se não, continuaremos na luta”, afirmou Carlin.


Mais de mil negócios estão travados

Gabriel Stallbaum ainda apontou que a paralisação de obras acarreta na perda de empregos, no atraso da entrega de imóveis já construídos e até no recolhimento de impostos. “Muitas famílias dependem da liberação dos financiamentos para poderem comprar suas casas e sair do aluguel”, destacou o presidente da APC. Atualmente, em Ponta Grossa e cidades próximas, mais de 1,2 mil imóveis já negociados aguardam a liberação de recursos para assinatura do contrato.

Aliel e Bolsonaro se unem para ajudar família de Castro

Aliel e Bolsonaro se unem para ajudar família de Castro...

Governador conhecerá cadeia do leite da região nesta quinta

Governador conhecerá cadeia do leite da região nesta quinta...

VBP supera R$ 600 bi e será 2º maior da história

VBP supera R$ 600 bi e será 2º maior da história...

Referência para o Brasil

Referência para o Brasil...

Organizar o sistema prisional é pensar na segurança de todos

Organizar o sistema prisional é pensar na segurança de todos...

Capa da edição desta quinta-feira (15/08/2019) do JM

Capa da edição desta quinta-feira (15/08/2019) do JM...

Vagas na Agência do Trabalhador para quinta-feira (15/08)

Vagas na Agência do Trabalhador para quinta-feira (15/08)...

Marco das startups deve ser encaminhado ao Congresso

Marco das startups deve ser encaminhado ao Congresso...

Piracanjuba confirma aporte de R$ 110 mi no Paraná

Piracanjuba confirma aporte de R$ 110 mi no Paraná...

Charge da edição desta quinta-feira (15/08/2019) do JM

Charge da edição desta quinta-feira (15/08/2019) do JM...

IMM renova convênio para capacitação de detentos

IMM renova convênio para capacitação de detentos...

Clube de Robótica busca promover inclusão

Clube de Robótica busca promover inclusão...

Reconhecimento facial pode ser implantado nas escolas do PR

Reconhecimento facial pode ser implantado nas escolas do PR...

Procon Ponta Grossa inova e terá polo avançado do TJPR

Procon Ponta Grossa inova e terá polo avançado do TJPR...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS