Agronegócio: importância da ciência e da tecnologia

Por José Otávio Menten

O Brasil se transformou num dos maiores dos maiores produtores e exportadores de produtos agrícolas do mundo devido ao desenvolvimento e incorporação de inovações tecnológicas em todas as fases das cadeias produtivas. Estes avanços foram obtidos graças aos investimentos em pesquisa, tanto básica quanto aplicada, realizados nas instituições públicas e privadas.

Estima-se que, no Brasil, cada real investido em pesquisa tenha trazido um retorno de 12 a 20 reais. Investir em pesquisa no agro é um excelente negócio! As instituições de pesquisa no Brasil deverão continuar a ser prestigiadas.

Até os anos 1970 o Brasil não se destacava no cenário mundial como um grande produtor agrícola. Éramos importadores de alimentos. Embora nossa pesquisa agronômica tenha mais de 100 anos, em instituições como o Instituto Agronômico de Campinas e as Escolas de Engenharia Agronômica, o grande salto ocorreu com a criação da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), o fortalecimento de instituições federais e estaduais de ensino, pesquisa e extensão em todo o país e os investimentos das empresas privadas do setor agro.

Para que o Brasil cumpra com a expectativa do mundo de ser o país que mais vai contribuir para atender a demanda crescente de alimentos, fibras naturais e biomassa nos próximos anos, é fundamental que continue investindo em pesquisa!

Os desafios da pesquisa são cada vez maiores. É necessário produzir em quantidade e qualidade, com sustentabilidade. É fundamental respeitar o ambiente e as pessoas. Aumentar a produção principalmente pelo incremento do rendimento e não de expansão da área cultivada. Isto significa uso de mais tecnologia, tanto dentro das propriedades rurais (“dentro da porteira”), como nas atividades “antes da porteira” (sementes/mudas, fertilizantes, defensivos, máquinas e equipamentos) e “depois da porteira” (transporte, armazenamento, processamento e distribuição).

As soluções tecnológicas do agro brasileiro não podem ser, simplesmente, importadas de países mais desenvolvidos. Temos que desenvolver nossas próprias soluções. As principais regiões de produção agrícola do mundo são temperadas. O Brasil é líder mundial de uma agricultura tropical graças a pesquisa agrícola aqui desenvolvida.

Embora a pesquisa seja importante para a evolução da humanidade em todos os setores, no agro o investimento local é essencial. Foi graças a pesquisa desenvolvida no Brasil que foi conquistado o Cerrado, implantado o Plantio Direto, criado plantas e animais adaptados para serem produzidos em todo o Brasil, utilizadas técnicas de agricultura de baixo carbono, como a Fixação Biológica de Nitrogênio, a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, o cultivo em duas ou três safras na mesma área, etc.

Graças a incorporação de tecnologias adequadas para os diferentes sistemas de produção, o agro vem contribuindo para economia brasileira, com expressiva participação no PIB, na balança comercial, exportações, na geração de emprego, renda e qualidade de vida da população. Somos importantes produtores e exportadores de soja, café, açúcar, carnes (bovina, suína e de frango), leite, celulose/papel, citros, milho, algodão, fumo, hortaliças e frutas. Precisamos agregar mais valor à nossa produção, aprimorando o processamento/industrialização de nossas matérias-primas.

Outros setores também têm contribuído para a pujança do agro brasileiro: gestão, conectividade, regulamentação, seguro, regularização fundiária, assistência técnica e extensão rural, defesa agropecuária, rastreabilidade, certificação, etc. Entretanto, a pesquisa, gerando inovações tecnológicas, é fundamental para termos um agro cada vez mais sustentável. 

José Otávio Menten, Presidente do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS), Eng. Agrônomo e Professor Sênior da ESALQ/USP

 

Rapaz alega ter comprado moto furtada em anúncio na internet

Rapaz alega ter comprado moto furtada em anúncio na internet...

PM flagra motorista bêbado após acidente de trânsito

PM flagra motorista bêbado após acidente de trânsito...

Professor e aluno da UEPG desenvolvem tecnologia

Professor e aluno da UEPG desenvolvem tecnologia...

PM prende rapaz com pedras de crack em praça de PG

PM prende rapaz com pedras de crack em praça de PG...

Paraquedismo traz desafio nas alturas para praticantes

Paraquedismo traz desafio nas alturas para praticantes...

PG implanta Pontos de Ligação Rápida no transporte

PG implanta Pontos de Ligação Rápida no transporte...

Sepam comemora Semana das Crianças com drive thru

Sepam comemora Semana das Crianças com drive thru...

Professora Elizabeth vai ampliar ciclofaixas e ciclovias em PG

Professora Elizabeth vai ampliar ciclofaixas e ciclovias em PG...

Pauliki projeta elevar qualidade educacional em PG

Pauliki projeta elevar qualidade educacional em PG...

Unidade com presos perigosos é instalada em Uvaranas

Unidade com presos perigosos é instalada em Uvaranas...

Vestibular Unificado EaD tem prazo de inscrições prorrogado

Vestibular Unificado EaD tem prazo de inscrições prorrogado...

Arena Multiuso vai sediar ‘Casa das Atléticas'

Arena Multiuso vai sediar ‘Casa das Atléticas'...

Depen garante estrutura para receber presos em Uvaranas

Depen garante estrutura para receber presos em Uvaranas...

Estudante de PG faz homenagem para os professores

Estudante de PG faz homenagem para os professores...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS