“Tô cansada, pai!”

Por Jorge Munhoz Jr 

Esta frase ouvi da minha filha de 7 anos há algumas semanas. Isoladas em seu núcleo familiar desde o início da pandemia – e lá se vão pelo menos seis meses! – as crianças começam a demonstrar sinais de cansaço. O rendimento escolar desabou ladeira abaixo e o emocional dos pequenos começa a mostrar sinais de esgotamento.

Antes de tudo como pai, comecei a estudar o fenômeno da pandemia e seu impacto nas crianças. Estudiosos comentam que o custo social da pandemia será enorme especialmente para elas. Parcela pouco significativa nos índices divulgados, o isolamento social para as crianças foi muito mais severo do que para os adultos. Longe da escola, dos amigos, da igreja e dos avós, as crianças sinalizam que estão cansadas e sem qualquer condição de absorver os conteúdos transmitidos nas aulas virtuais.

A preocupação é muito simples: os transtornos nascentes nesta fase da vida, repercutem e contribuem cumulativamente na fase adulta. E o impacto disso veremos na sociedade: possivelmente, um índice muito mais elevado de adultos com depressão, stress e sabe-se lá quais destes problemas irão impactar na saúde física também. Em tempos de debate da igualdade social, é importante salientar que os transtornos psicológicos nas crianças, causam mudanças no equilíbrio social, contribuindo para o aumento das desigualdades.

Medo, insegurança, insônia e irritação podem ser sinais emitidos pelas crianças de que algo não vai bem. É importante que nós pais possamos observar atentamente tudo isso jamais deixando passar qualquer pista negativa. Cada pai sabe a linguagem mais adequada de como lidar com isso; o importante é acolher, motivar e jamais permitir que prevaleça o negativo.

Também é importante que as lideranças tomem a frente em favor dos pequenos; que os líderes religiosos se preocupem em defender um retorno gradativo das crianças nas atividades comunitárias – sempre dentro das normas sanitárias; que as escolas permitam atividades em que haja – ainda que de leve – um contato das crianças e os professores. Chegamos no ponto em que videoconferências já não são mais suficientes para minimizar os efeitos do isolamento.

Discutir a saúde mental das crianças é oportuno e necessário. Cada família sabe sua prioridade, lembrando sempre que vivemos em um regime de liberdade e que, cada decisão, deve ser validada e ter seu impacto medido no seio familiar.

Em breve haverá vacina; a economia irá se reerguer; porém as chagas psicológicas de nossas crianças e adolescentes permanecerão. É urgente e necessário transformar esta demanda em oportunidade de prevenção e mudança de hábitos, promovendo a saúde mental das crianças.

 

Jorge Munhoz Jr é publicitário, casado, pai de 4 meninas

E-mail: [email protected]

Homem é atacado com golpes de foice e fica ferido

Homem é atacado com golpes de foice e fica ferido...

Recorde de casos teve feriado como “grande vilão”, diz Rangel

Recorde de casos teve feriado como “grande vilão”, diz Rangel...

Regras são alteradas

Regras são alteradas...

Capa da edição desta quinta-feira (23/09/2020) do JM

Capa da edição desta quinta-feira (23/09/2020) do JM...

Mais quatro mortes pela Covd são confirmadas em PG

Mais quatro mortes pela Covd são confirmadas em PG...

BRDE atinge mais de R$ 900 milhões em contratos no Paraná

BRDE atinge mais de R$ 900 milhões em contratos no Paraná...

Construtora Prestes realiza feira digital de imóveis

Construtora Prestes realiza feira digital de imóveis...

Castrolanda recebe prêmio destaque em âmbito nacional

Castrolanda recebe prêmio destaque em âmbito nacional...

É grave o estado de saúde do ex-vereador Nilsão

É grave o estado de saúde do ex-vereador Nilsão...

Ponta-grossense participa de competição de motocross

Ponta-grossense participa de competição de motocross...

Professora de Direito da UEPG lança duas obras de mestrado

Professora de Direito da UEPG lança duas obras de mestrado...

Idoso é achado morto dentro de casa em Uvaranas

Idoso é achado morto dentro de casa em Uvaranas...

Mulher sofre lesões graves ao ser atropelada por moto em PG

Mulher sofre lesões graves ao ser atropelada por moto em PG...

Empresa de PG combate exploração sexual infantil

Empresa de PG combate exploração sexual infantil...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS