Rodovias Paranaenses - a porta de entrada do narcotráfico.

Por Marcos Lins Condolo 

            As últimas ações policiais desencadeadas em diversos trechos da malha rodoviária estadual, compreendendo os municípios de Terra Roxa, Curitiba, Irati, Mandaguari e Marechal Cândido Rondon, que resultaram na apreensão de mais de 1.500 quilos de entorpecentes, dão mostras, primeiramente, da rota do entorpecente no Paraná, o local de origem e a estratégia utilizada pelas quadrilhas que, de forma sistemática, servem-se das rodovias para, abertamente, transportarem substâncias ilícitas.

            Neste contexto, em que pese a elevada extensão do sistema rodoviário de nosso Estado, o qual possui mais de 118.000 quilômetros de rodovias, fazendo divisa com três Estados da Federação e dois países (Paraguai e Argentina), ao lado das permanentes condições deficitárias que envolvem o aparato policial brasileiro, o policiamento deve necessariamente levar ao usuário da rodovia,  a tão almejada sensação de segurança, através da ação de presença; a constante alteração de rotinas e procedimentos e ainda; a criação permanente de estratégias para o enfrentamento da criminalidade.

            Além disso, ações preventivas desta natureza tem outros objetivos, quais seja, reduzir o número de acidentes graves verificados cotidianamente nas rodovias, que impactam sobremaneira o sistema público de saúde e também, coibir infrações de trânsito que colocam em risco a segurança dos usuários.

            Evidentemente que o resultado das recentes apreensões de entorpecentes, tem sido fruto da organização e planejamento policial, por meio da manobra de recursos e a aplicação de pessoal em pontos críticos e sensíveis, cuidadosamente levantados através de dados estatísticos e o trabalho árduo da Inteligência Policial.

            Mas, de qualquer maneira, percebe-se que de quando em vez, as quadrilhas adotam procedimentos diversos para enganar a fiscalização e consumar o delito. Tanto é verdade que, no contexto das últimas apreensões de drogas, os celerados foram abordados em veículos de uso comum, circulando na rodovia fora de horários de baixo fluxo; contrariando o estereótipo já assimilado, qual seja, a utilização de veículos potentes, circulando em estradas não pavimentadas, somente no horário da madrugada, longe das vistas do policiamento.

            De qualquer maneira, entende-se que para otimizar o número de apreensões e, consequentemente, coibir a utilização das rodovias para o escoamento do tráfico de entorpecentes, disseminado pelo território nacional, torna-se oportuno: a harmonização dos esforços policiais; a adoção de planejamento conjunto entre os órgãos de segurança; o desencadeamento de ações integradas; a criação de ciclos de fiscalização rodoviária; o estabelecimento de parcerias e constante troca de informações entre os órgãos que integram o sistema de segurança pública, pois, sabidamente, o tráfico de entorpecentes causa profundos e irreparáveis prejuízos à sociedade.   


Marcos Lins Condolo – Colaborador JM 

Charge da edição desta quarta-feira (24/06/2020) do JM

Charge da edição desta quarta-feira (24/06/2020) do JM...

Professora morre de coronavírus em Telêmaco

Professora morre de coronavírus em Telêmaco...

Tetra Pak investe para elevar eficiência de fabricantes

Tetra Pak investe para elevar eficiência de fabricantes...

População de PG pode indicar prioridade de investimentos

População de PG pode indicar prioridade de investimentos...

Pandemia faz arrecadação de tributos cair em PG

Pandemia faz arrecadação de tributos cair em PG...

Cultura seleciona trabalhos para exposição contra o racismo

Cultura seleciona trabalhos para exposição contra o racismo...

PG confirma 12 novos casos de Coronavírus

PG confirma 12 novos casos de Coronavírus...

Presidente do Operário testa positivo para a Covid-19

Presidente do Operário testa positivo para a Covid-19...

Governo investe R$ 1 milhão na proteção da fauna silvestre

Governo investe R$ 1 milhão na proteção da fauna silvestre...

Servidores do PR fazem devolução do Auxílio Emergencial

Servidores do PR fazem devolução do Auxílio Emergencial...

Quatro funcionários do gabinete de Bakri estão com a Covid-19

Quatro funcionários do gabinete de Bakri estão com a Covid-19...

Médico de 33 anos morre de coronavírus em Curitiba

Médico de 33 anos morre de coronavírus em Curitiba...

Polícia Civil adia provas do concurso público 2020

Polícia Civil adia provas do concurso público 2020...

CCR RodoNorte inicia obras de interseções na BR 277

CCR RodoNorte inicia obras de interseções na BR 277...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS