Aprender a aprender: a transição do negócio tradicional para o virtual

 Por Claudio Hernandes

Imersos em uma nova lógica de funcionamento da vida, estamos reaprendendo sobre como nos portar e agir num mundo que até então tínhamos o “domínio”. Há quem diga que o desconhecido agora é uma constante e a todo o momento empresários e administradores recebem novas incertezas para driblar. Os extremos estão postos e a dificuldade é real e constante. Será essa uma nova realidade ou uma nova percepção de algo que sempre existiu? Independentemente disso, é cada vez maior a necessidade de aprender a aprender para lidar com o fluxo constante e acelerado de mudanças.

Necessidade de driblar as dificuldades com os recursos tecnológicos, encarar o temor do vídeo, câmeras, microfones, usar plataformas web, estabelecer contato com o cliente, com o fornecedor e estar presente no ambiente virtual, pronto para findar relações comerciais e de confiança num novo formato. O novo fascina alguns, mas aterroriza muitos. Precisamos aprender a lidar com o que nos desafia, com aquilo que é novidade.

Nesses novos tempos tem sido desafiador reestruturar a ordem do trabalho, dos estudos, das relações familiares, dos sentimentos e tantas outras práticas que somadas à insegurança e à fragilidade humana, nos oferecem um excelente momento para refletir como temos conduzido a nossa trajetória até o momento.

Neste contexto de questionamentos, de que maneira nossos negócios funcionam e que valores estão presentes todos os dias? O que entregamos para o nosso público e qual a relevância do nosso produto ou serviço na vida das pessoas? Ainda mais que antes, estas respostas precisam agora estar tão claras quanto possível para as empresas e para seus públicos.

O desafio de pensar e agir no ambiente corporativo e empresarial são reais. Enquanto muitos anônimos surgem nas redes sociais, ofertando serviços e recursos de recuperação do setor, profissionais e pesquisadores buscam compreender a realidade e traçar caminhos possíveis e viáveis com o término da crise.

 A busca por respostas obrigatoriamente nos remete a uma visita ao passado. Se torna fundamental olhar para o consumo e estruturação das atividades organizacionais até dias atrás. Para pensar o futuro empresarial um grande balanço da trajetória precisa ser feito, não é mesmo? Não há receita ou passos mágicos a serem seguidos para que tudo volte ao normal, pois a normalidade ainda é desconhecida. Uma vez que nada voltará a ser como antes e isto é consenso. Não podemos esperar que as fronteiras sejam novamente abertas sem nenhum pudor, que as pessoas voltem a consumir os mesmos produtos e a dividir o mesmo espaço de trabalho, pois parte dele certamente será virtual. Vale lembrar o que disse o filósofo Soren Kierkegaard: a vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente.

Sobre estas variáveis que deixaram de ser sugestivas e são mais reais do que nunca, se faz necessário repensar sobre uma nova forma de estruturar produtos e serviços, tendo o digital e o presencial como faces da mesma moeda. O seu negócio está pronto para atuar virtualmente, o seu serviço atende a esta nova necessidade? As descobertas e respostas serão construídas mutuamente quando a retomada se der, de forma gradual e sensível ao novo normal.

Claudio Hernandes é coordenador dos cursos de Processos Gerenciais e Negócios Digitais do Centro Universitário Internacional Uninter.

Orquestra Sinfônica do Paraná faz 35 anos e celebra de forma virtual

Orquestra Sinfônica do Paraná faz 35 anos e celebra de forma virtual...

Grupo Teatral de PG realiza apresentação em festival online

Grupo Teatral de PG realiza apresentação em festival online...

PG registra quatro novos casos da Covid-19 e chega a 66

PG registra quatro novos casos da Covid-19 e chega a 66...

Vinícius Camargo comemora resultados de PG no combate à Covid-19

Vinícius Camargo comemora resultados de PG no combate à Covid-19...

Em PG, adesão ao armamento é apoiada por 76%

Em PG, adesão ao armamento é apoiada por 76%...

Rede Massa exibe programa especial sobre o corona em PG

Rede Massa exibe programa especial sobre o corona em PG...

Economia de água é essencial para evitar o desabastecimento

Economia de água é essencial para evitar o desabastecimento...

Indústria de ração animal vai investir R$ 14,6 mi no Paraná

Indústria de ração animal vai investir R$ 14,6 mi no Paraná...

Utilização do álcool em gel em crianças requer cuidados

Utilização do álcool em gel em crianças requer cuidados...

Tetra Pak apoia catadores em campanha através de aplicativo

Tetra Pak apoia catadores em campanha através de aplicativo...

Brasil chega a 25 mil mortes pelo coronavírus

Brasil chega a 25 mil mortes pelo coronavírus...

Idosos de Jaguariaíva têm até sexta para atualizar cadastro na Cohapar

Idosos de Jaguariaíva têm até sexta para atualizar cadastro na Cohapar...

Castro registra população para receber 'Cartão Comida Boa'

Castro registra população para receber 'Cartão Comida Boa'...

Sesa confirma morte pela Covid em Telêmaco Borba

Sesa confirma morte pela Covid em Telêmaco Borba...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS