Lula Livre é medo da verdade

Por Mário Sérgio de Melo

Inventou-se um controverso artifício, 6X5 no STF, para soltar Lula. Ele, que alguns têm como o maior estadista do Brasil, deve estar com um sentimento ambíguo: alegre por estar solto, triste por não reconhecerem o que sua prisão significa.

Lula foi solto por uma divergência de entendimento entre uma jurisprudência e o que reza a Constituição. O parecer de que ele estava preso indevidamente prevaleceu por pouco. Faz pensar que o erro jurídico era uma questão difícil, passível de equívoco.

Vamos a outra interpretação. Lula foi solto porque nossos vizinhos sul-americanos, Chile, Argentina, Equador, Bolívia, Uruguai, estão dando mostras que lá a população não aprova as mesmas medidas entreguistas que estão sendo implantadas aqui. E pode revoltar-se ferozmente. É crescente o temor que a população do Brasil acorde. A revolta explosiva depende de uma gota d’água depois que o copo já está cheio: pode ser o aumento da tarifa do transporte público, do combustível, o arrocho salarial, o desemprego. Mas o que enche o copo d’água até que uma gota baste para transbordar?

No caso do Brasil, muitos eventos têm enchido o copo d’água. A começar pelo injustificado golpe que depôs Dilma. A seguir veio a questionável condenação de Lula, contestada por juristas internacionais de renome, que apontaram falta de provas, facciosidade, atropelamento do processo e motivação política. Depois a posse de Temer que traiu o programa que o elegeu, e entregou o País à sanha transnacional. Depois a eleição de Bolsonaro graças a crimes digitais que nunca foram devidamente apurados. Depois as denúncias do laranjal do PSL que elegeu Bolsonaro. Depois as denúncias do The Intercept Brazil comprovando o facciosismo da Lava Jato. Depois os indícios de envolvimento da família Bolsonaro com milícias e o crime organizado. No meio de tudo isso, as incentivadas queimadas na Amazônia, as trapalhadas diplomáticas com parceiros comerciais importantes, a inépcia diante do derrame de óleo no NE, os discursos de ódio, as mentiras, as frequentes declarações de autoridades nacionais e internacionais de que temos um presidente que não está à altura do cargo.

Tudo isso é mais que suficiente para encher o copo d’água. Soltar Lula talvez dê a falsa impressão de que o copo não está tão cheio. Só impressão. Porque se nos lembrarmos que durante essas trapalhadas todas o desemprego, a concentração de renda e a miséria cresceram, a economia cambaleia, não há investimento, direitos trabalhistas estão sendo aviltados, o pré-sal, estatais de energia, de aviação e outras estão sendo rifados, a Petrobras e grandes empreiteiras brasileiras foram sangradas gravemente, o povo brasileiro está dividido, odiento e desorientado, então percebemos que já há água mais que suficiente para transbordar.

Que o Brasil acorde para a verdadeira razão da soltura de Lula: é confundir sobre a verdadeira razão de sua prisão. Que é a sabotagem de um país que ensaiava assumir um protagonismo inadmissível para o poder hegemônico mundial.

 

Mário Sérgio de Melo é Geólogo, Professor aposentado do Departamento de Geociências da UEPG

Prêmios do Nota Paraná sobem para R$ 1 milhão

Prêmios do Nota Paraná sobem para R$ 1 milhão...

Homem esfaqueado é levado de helicóptero ao HU-UEPG

Homem esfaqueado é levado de helicóptero ao HU-UEPG...

Paraná registra 104 novos casos de dengue em uma semana

Paraná registra 104 novos casos de dengue em uma semana...

Feira Paraná arrecada 3 T de alimentos para ação social

Feira Paraná arrecada 3 T de alimentos para ação social...

13º BIB realiza troca de comando na próxima semana

13º BIB realiza troca de comando na próxima semana...

Municípios conhecem políticas da Educação de Ponta Grossa

Municípios conhecem políticas da Educação de Ponta Grossa...

GM detém adolescente traficando no Centro de PG

GM detém adolescente traficando no Centro de PG...

Homem cai em golpe com notas falsas e perde moto

Homem cai em golpe com notas falsas e perde moto...

Leitura melhora desempenho de alunos da rede municipal

Leitura melhora desempenho de alunos da rede municipal...

Tempo de conclusão da EJA passará de cinco para dois anos

Tempo de conclusão da EJA passará de cinco para dois anos...

Coluna RC desta terça-feira (12/11)

Coluna RC desta terça-feira (12/11)...

Prêmio da Mega da Virada deve passar de R$ 300 milhões

Prêmio da Mega da Virada deve passar de R$ 300 milhões...

Operário será ofensivo contra o Bragantino

Operário será ofensivo contra o Bragantino...

Marcus Freitas assume a presidência da 'Portos do Paraná’

Marcus Freitas assume a presidência da 'Portos do Paraná’...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS