Eutanásia e o direito à vida

Por Fernanda de Sá e Benevides Carneiro

Sabemos que a vida é um valor absoluto e deve ser preservada, mas e quando sua manutenção resulta em um enorme sofrimento e a própria pessoa, no exercício da sua liberdade individual, quer dar um fim à dor que tornou sua existência insuportável? A discussão é difícil, mas necessária.

Em alguns lugares do mundo tal prática já foi regulamentada, como é o caso da Colômbia que autoriza que a pessoa tendo uma doença terminal e incurável decida pedir a antecipação de sua morte, o que deve ser acatado se a pessoa estiver no gozo de suas atividades mentais.

Mas aqui no Brasil ainda não se permite a cessação da vida desta forma, no qual a eutanásia é crime, podendo caracterizar o ilícito penal de várias formas, vejamos uma delas; caso um terceiro, médico ou familiar do doente terminal lhe dê a morte, estaremos diante do homicídio, que, eventualmente teria tratamento penal privilegiado, atenuando-se a pena, pelo relevante valor moral.

Outra forma de crime eutanásico é quando o terceiro auxilia o próprio doente para que este se lhe dê a própria morte, sendo um tipo de auxílio ao suicídio, pois pune-se alguém que estimulando, induzindo ou auxiliando, colabora para que o doente se mate. Neste exemplo, as formas de colaboração são as mais diversas, desde o fornecimento de uma arma, até a colocação de equipamentos vitais, ao alcance do doente, que ao desligá-lo vem a falecer. A instigação e o induzimento, embora de prova difícil, poderá ser determinante para que a eutanásia se consume.

A comissão de reforma do Código Penal brasileiro estuda essa questão e traz uma alternativa que merece estudos, vejamos o que diz o projeto:

Eutanásia § 3.º. Se o autor do crime é cônjuge, companheiro, ascendente, descendente, irmão ou pessoa ligada por estreitos laços de afeição à vítima, e agiu por compaixão, a pedido desta, imputável e maior de dezoito anos, para abreviar-lhe sofrimento físico insuportável, em razão de doença grave e em estado terminal, devidamente diagnosticados: Pena reclusão, de dois a cinco anos. Exclusão de ilicitude § 4.º. Não constitui crime deixar de manter a vida de alguém por meio artificial, se previamente atestada por dois médicos a morte como iminente e inevitável, e desde que haja consentimento do paciente ou, em sua impossibilidade, de cônjuge, companheiro, ascendente, descendente ou irmão.

Estes dispositivos revelam que a tendência da comissão é manter criminalizada a eutanásia, excetuando quando o agente deixar de manter a vida de alguém por meio artificial, ou seja, ligado à aparelhos, desde que previamente atestada por dois médicos a morte como iminente e inevitável, e desde que haja consentimento do paciente ou, de parentes.

Ora a vida é Dom de Deus e assim sendo, ela se basta, não precisando ter qualquer adjetivação, o que satisfaz a natureza humana é estar vivo, na condição de saúde que for, porquanto no plano religioso, jamais teremos condições de entender os desígnios do Criador, restando-nos, portanto, apenas viver, brindados que fomos com a dádiva maior que, insisto, é a própria vida.

Quanto ao tráfico de órgãos humanos seria a última menção  que me leva a reiterar o risco da legalização da eutanásia, pois qualquer pessoa enferma deve ser vista como alvo de tratamento, jamais como prateleira de órgãos humanos prontos a servir quem melhor oferta fizer, mesmo que tal custe a vida daquele miserável. O mundo vem conhecendo essas máfias e a legalização da eutanásia seria um belo serviço prestado a essa modalidade de crime.

Assim, confirma-se a obrigatoriedade do médico em não se praticar a eutanásia. Conforme o parecer da Associação Mundial de Medicina, em Outubro de 1987, sobre a eutanásia “é um procedimento que contraria a ética, o que não impede que o médico respeite a vontade do paciente, de permitir que o processo da morte siga seu curso natural na fase terminal da doença”. Parcialmente de acordo com o parecer da Associação Mundial de Medicina, O New York State Committee on Bioethical Issues (“Comitê sobre Questões Bio-éticas do Estado de Nova Iorque”) concorda no que diz respeito à eutanásia, mas dá espaço para que o médico ofereça um tratamento efetivo para o alívio da dor e do sofrimento, ainda que possa antecipar a morte. (Harold I. Kaplan; Benjamin J. Sadock; Jack A. Grebb. Compêndio de Psiquiatria: Ciências do Comportamento e Psiquiatria Clínica. 7 ed. Porto Algre. Rio Grande do Sul. Greupo A: Editora Artmed, 2012. p. 87).

Resumindo não se permite no Brasil a prática de eutanásia, com fulcro no Código de Ética Médica (Resolução nº 1.931/2009, do CFM) que veda ao  médico que cause um “dano ao paciente, por ação ou omissão” (art. 1º, CEM). O parágrafo único do mesmo artigo diz que a responsabilidade médica é pessoal e não presumida e ainda destacando o que determina a Constituição Federal de 1988 que tem como direito fundamental a vida no art. 5º, caput.

 

Autoria: Fernanda de Sá e Benevides Carneiro é Advogada proprietária do escritório de advocacia Fernanda de Sá Carneiro, pós graduada pela Escola da Magistratura do Paraná e Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho pelo Instituto Busato de Ensino, e cursando especialização em Direito Processual Civil pela UEPG

 

 

Confira o seu horóscopo para esta segunda-feira (24/06)

Confira o seu horóscopo para esta segunda-feira (24/06)...

Confira o seu horóscopo para este domingo (23/06)

Confira o seu horóscopo para este domingo (23/06)...

Arrecadação de ICMS atinge R$ 483,4 mi na região

Arrecadação de ICMS atinge R$ 483,4 mi na região...

Rottas investe R$ 23 mi em novo residencial em PG

Rottas investe R$ 23 mi em novo residencial em PG...

Governo sob pressão

Governo sob pressão...

Charge da edição deste fim de semana (22, 23 e 24/06/2019) do JM

Charge da edição deste fim de semana (22, 23 e 24/06/2019) do JM...

Capa da edição deste fim de semana (22, 23 e 24/06/2019) do JM

Capa da edição deste fim de semana (22, 23 e 24/06/2019) do JM...

Universidades e desenvolvimento regional no Paraná

Universidades e desenvolvimento regional no Paraná...

Look invernal resgata estilo noventista

Look invernal resgata estilo noventista...

Dia dos Namorados do Ponta Lagoa 2ª parte

Dia dos Namorados do Ponta Lagoa 2ª parte...

Passagem  de monge é resgatada em Telêmaco

Passagem  de monge é resgatada em Telêmaco...

Pesquisa revela crescimento do emprego no setor de TI

Pesquisa revela crescimento do emprego no setor de TI...

Confira o seu horóscopo para este sábado (22/06)

Confira o seu horóscopo para este sábado (22/06)...

PRF flagra ultrapassagens proibidas durante feriado

PRF flagra ultrapassagens proibidas durante feriado...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS