Caminhoneiros dão prazo para Bolsonaro atender pauta

Essa decisão foi aprovada pela categoria em encontro realizado na manhã de sábado (16), no Rio de Janeiro

O governo de Jair Bolsonaro  tem o prazo de 15 dias para atender a pauta de reivindicações dos caminhoneiros. Caso não atenda, a categoria iniciará paralisação a partir do dia 1º de novembro. Essa decisão foi aprovada pela categoria em Encontro nacional realizado neste sábado (16), no Rio de Janeiro.
A atividade reuniu caminhoneiros de várias regiões do país e foi organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTTL), Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC) e pela Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava) – entidades representativas da categoria no Brasil.
A pauta de reivindicações dos caminhoneiros inclui itens como a revisão da política de preços dos combustíveis na Petrobras, o estabelecimento de um valor mínimo de frete e a melhoria e construção de novos pontos de descanso para a categoria. Os caminhoneiros também exigem reformas no poder legislativo: a aprovação do Marco Regulatório do Transporte Rodoviário de Cargas e o retorno da aposentadoria especial após 25 anos de contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Em vídeo, o diretor da CNTTL e presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga de Ijuí-RS, Carlos Alberto Litti Dahmer, disse que os caminhoneiros estão em estado de greve e aguardam que o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, atenda a pauta de reivindicações da categoria (abaixo principais pontos). 
“O Governo Bolsonaro teve o prazo de três anos para melhorar a vida do transportador autônomo e nada foi cumprido. Daremos mais 15 dias para que a nossa que é de conhecimento do ministro Tarcísio e do governo Bolsonaro seja aplicada de fato para os caminhoneiros”, reforça Litti. 
O diretor da CNTTL disse que os caminhoneiros passam por momentos de dificuldades nunca vistos e a situação tem piorado nestes últimos três anos de desgoverno de Bolsonaro. “Nosso chamado de paralisação tem o respaldo de 1 milhão de caminhoneiros  e a sociedade virá conosco”, destaca Litti no vídeo.

 Para mais informações, clique aqui

 

Prefeitura de PG reativa Casa de Passagem indígena

Prefeitura de PG reativa Casa de Passagem indígena ...

Sesc oferta Educação Infantil para crianças de 3 a 5 anos

Sesc oferta Educação Infantil para crianças de 3 a 5 anos ...

Prefeitura disponibiliza mais uma parcela de Vale-Mercado

Prefeitura disponibiliza mais uma parcela de Vale-Mercado ...

PG implanta 'gripario' no Ginásio Oscar Pereira

PG implanta 'gripario' no Ginásio Oscar Pereira ...

Equipe do Humai-UEPG recebe capacitação de neonatais

Equipe do Humai-UEPG recebe capacitação de neonatais ...

Sequência de aventuras na Mansão Villa Hilda é lançado

Sequência de aventuras na Mansão Villa Hilda é lançado ...

Nascido em PG, projeto ‘Family On Board’ percorre o mundo

Nascido em PG, projeto ‘Family On Board’ percorre o mundo ...

Fesuva vai ter corrida inédita em 2022

Fesuva vai ter corrida inédita em 2022 ...

Com cardiopatia congênita, Júlia é a primeira criança vacinada em PG

Com cardiopatia congênita, Júlia é a primeira criança vacinada em PG ...

VBP da soja e do leite na região cresce 321%

VBP da soja e do leite na região cresce 321% ...

Sicredi inaugura nova agência no centro de PG na próxima semana

Sicredi inaugura nova agência no centro de PG na próxima semana ...

Receita restitui R$ 1,28 milhão para contribuintes na região

Receita restitui R$ 1,28 milhão para contribuintes na região ...

Apenas fechar estádios não resolve o problema

Apenas fechar estádios não resolve o problema ...

Poder Executivo descarta medidas restritivas em PG

Poder Executivo descarta medidas restritivas em PG ...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

REDES SOCIAIS