PUBLICIDADE

Operário recebe o Vasco com 84% de chances de rebaixamento

Partida válida pela ‘Série B’ acontece nesta terça-feira (4), a partir das 19h, no Germano Krüger; Fantasma precisa de vitória para sonhar com a permanência na segunda divisão

No primeiro turno, o Fantasma perdeu de 3 a 0 para o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro
No primeiro turno, o Fantasma perdeu de 3 a 0 para o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Crítico. Este é o atual momento do Operário Ferroviário Esporte Clube (Ofec) no Campeonato Brasileiro da Série B. Na 18ª colocação, a equipe ponta-grossense tem 84% de chances de ser rebaixada para a Série C do ‘Brasileirão’ – restando seis rodadas para o fim da competição. Com o objetivo de sair desse momento ruim, o Fantasma vai a campo nesta terça-feira (4), a partir das 19h, enfrentar o Vasco da Gama no Estádio Germano Krüger. A partida terá transmissão do Premiere FC.

Atualmente com 32 pontos e com chances reais de rebaixamento, segundo o matemático Tristão Garcia (conhecido nacionalmente), o time de Vila Oficinas enfrentará o cruzmaltino, que ocupa a 4ª colocação do torneio nacional (49 pontos), com 46% de chances de acesso à Série A. O jogo é válido pela 33ª rodada do ‘Brasileirão’ – no primeiro turno, o Operário perdeu de 3 a 0 para o Vasco.

Após o fim da última partida contra o Vila Nova, o técnico do Fantasma, Matheus Costa, falou sobre a atual situação do time. “Sei que é um momento difícil, mas temos que acreditar. Tenho convicção que só depende de nós. Precisamos reagir, temos todas condições”, explicou à imprensa após o empate em 1 a 1 contra o Vila Nova – naquela ocasião, o Operário saiu vaiado de campo por sua torcida – a última vitória da equipe ponta-grossense foi na 28ª rodada, quando venceu o Londrina pelo placar de 1 a 0.

Já para o comandante do Vasco, Jorginho, é possível a vitória do time carioca em Ponta Grossa. “Temos que ter cuidado, um equilíbrio para vencer o jogo, porque o contra-ataque deles é muito rápido, fazem muitas ligações diretas. Buscaremos um resultado importante fora de casa. É difícil jogar contra o Operário, uma equipe forte fisicamente, mas a gente sabe que tem condições de ganhar”, destacou o treinador em entrevista à imprensa – na última partida da Série B, o Vasco empatou em 1 a 1 com o Londrina.

Ficha técnica

De acordo com as informações, o Fantasma deve vir escalado com: Vanderlei; Arnaldo; Reniê; Dirceu; Fabiano; Rafael Chorão (Ricardinho); Fernando Neto; Giovanni Pavani; Reina; Paulo Victor; e Felipe Garcia. Já o Vasco poderá vir a campo com: Thiago Rodrigues; Leo Matos; Danilo Boza; Anderson Conceição; Edimar; Matheus Barbosa (Zé Gabriel); Andrey Santos; Nenê; Marlon Gomes; Eguinaldo; e Raniel.

Em 32 jogos no Campeonato Brasileiro da Série B, o Operário ganhou sete partidas, empatou 11 e perdeu 14. Foram 26 gols feitos e 39 tomados, com um saldo negativo de -13. Já o Vasco, em 32 partidas, foram 13 vitórias, 10 empates e nove derrotas. O time fez 36 gols e tomou 29, com um saldo positivo de sete.

Arbitragem

Está escalado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para o jogo desta terça-feira (4), Leandro Pedro Vuaden (RS). Os auxiliares serão Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiesdorf Flor (RS). O árbitro de vídeo (VAR) será Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa/SP).

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE