PUBLICIDADE

Sob pressão, Operário encara o Bahia na fuga contra o Z4

Fantasma visita o Tricolor de Aço em Salvador, às 17h15 deste sábado

Volante Fernando Neto foi substituído pelo atacante Paulo Sérgio.
Volante Fernando Neto foi substituído pelo atacante Paulo Sérgio. -

Sebastião Neto

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Há quase três meses sem vencer fora de casa pelo Campeonato Brasileiro da Série B, o Operário Ferroviário visita o Bahia pela 31ª rodada da competição nacional. O duelo, marcado para as 18h15 deste sábado (24) na Arena Fonte Nova em Salvador (BA), coloca frente a frente o Fantasma, que está na penúltima colocação do Brasileirão com 30 pontos, contra o Tricolor de Aço, 3º colocado da Série B com 51 pontos.

Com pouco mais de uma semana de treinamentos após a derrota contra o Guarani, o Operário se preparou para a partida buscando melhorar o desempenho dentro de campo e também trabalhar a questão mental do grupo. “Tivemos um tempo para se preparar da melhor forma possível, acertar aquilo que não funcionou nos últimos jogos e potencializar aquilo que fizemos de bom”, destacou o goleiro Vanderlei, capitão da equipe, em entrevista coletiva.

Para o duelo contra o Bahia, o técnico Matheus Costa não contará com o zagueiro Reniê, que levou o terceiro cartão amarelo na última partida; Gustavo Alcino, que já foi titular em outros duelos da Série B, deve retornar ao 11 inicial do alvinegro. Outra mudança que estaria sendo especulada nos bastidores é o retorno do atacante Paulo Sérgio a equipe titular, substituindo o pouco inspirado Junior Brandão.

Postura

“Cada jogo é uma final. Se a gente quer sair desta situação temos que tratar dessa maneira, todo jogo é importante, todo lance é fundamental”, reforçou o camisa 1 do Operário. Com oito partidas até o final do Campeonato Brasileiro, o Fantasma precisa vencer pelo menos quatro duelos para seguir vivo na luta pela permanência na Série B. Desde quando retornou à segunda divisão nacional em 2019, a situação atual do time de Vila Oficinas é a mais delicada do ponto de vista matemático e também de desempenho dentro de campo.

Rodada não ajuda

Para piorar, os resultados das partidas já realizadas na 31ª rodada da Série B não foram bons para o Operário: Guarani e Vila Nova, que estão logo acima da zona de rebaixamento e também brigam contra o descenso, venceram durante a semana e fizeram com que a distância do Fantasma para a primeira equipe fora do Z4, o próprio Guarani, aumentasse para cinco pontos. Após o duelo em Salvador, o alvinegro terá um confronto direto contra o Vila Nova no Estádio Germano Krüger, na próxima sexta-feira (30).

Fantasma joga pela semifinal do Estadual

Enquanto a equipe profissional está em Salvador, o time sub-17 do Operário Ferroviário abre a disputa das semifinais do Paranaense da categoria neste sábado. Jogando no Germano Krüger, a equipe comandada por Cristiano Cruz recebe o Azuriz às 10 horas, na partida de ida por uma vaga na decisão do Estadual; o ingresso para assistir o duelo em Vila Oficinas será mais uma vez um quilo de alimento, que será doado pelo alvinegro para entidades assistenciais parceiras.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE