PUBLICIDADE

Apoiadores de Lula formam grande fila para acompanhar posse

Público começou a chegar nas primeiras horas da manhã deste domingo (1º/1). Expectativa é de que 300 mil pessoas passem pela região

Apoiadores do novo chefe do Executivo federal chegaram cedo, na tentativa de conseguir o melhor lugar para vê-lo subir a rampa do Palácio do Planalto
Apoiadores do novo chefe do Executivo federal chegaram cedo, na tentativa de conseguir o melhor lugar para vê-lo subir a rampa do Palácio do Planalto -

Metrópoles

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Esplanada dos Ministérios começou a receber o público para a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nas primeiras horas da manhã deste domingo (1°/1). Apoiadores do novo chefe do Executivo federal chegaram cedo, na tentativa de conseguir o melhor lugar para vê-lo subir a rampa do Palácio do Planalto. Por volta das 9h, a fila formada tinha quilômetros de extensão.

Antes das 7h, diversas caravanas e pedestres ocupavam as vias de acesso N1 e S1, rumo ao gramado central da Esplanada dos Ministérios, de onde cerca de 300 mil pessoas acompanharão o evento. Na região, ambulantes vendem bandeiras, camisetas, alimentos e bebidas.

O cortejo que desfilará pela Esplanada sairá da Catedral Metropolitana com destino ao Congresso Nacional às 14h.

A passagem da faixa está marcada para começar às 15h. Na Praça dos Três Poderes, onde o público verá de perto Lula colocar a faixa presidencial, a capacidade máxima é de 40 mil espectadores.

A servidora pública capixaba Daniele Stange, 39, e o marido, o advogado André Figueiredo, 54, vieram do Espírito Santo e chegaram à capital federal na última sexta-feira (30/12). “Eu nem dormi essa noite. A ansiedade é grande”, comentou Daniela. “O dia de hoje representa a redenção”, acrescentou André.

Sem demonstrar qualquer tipo de nervosismo pela espera da fila, as estudantes Ana Clara Braga, 21, Maria Lúcia Ferreira, 20, e Caroline de Oliveira, 19, já cantavam o Funk do Lula, música de Valesca Popozuda.

A cantora, uma das atrações culturais da posse, é uma das mais aguardadas pelas amigas, que vieram de Campinas (SP) para acompanhar a cerimônia.

“Os últimos dias nos deixaram preocupadas, mas, vendo a rua assim, a gente fica cheia de um sentimento de proteção, união e companheirismo. Percebemos que não estamos sozinhas nessa”, confessa Maria Lúcia.

“Nosso ônibus ia partir às 17h hoje, imagina? Convencemos a nossa caravana a voltar só amanhã. É para curtir cada segundo desse momento”, conta Ana.


Pontos de revista

Todos que chegam à Esplanada para acompanhar a cerimônia de posse passam por pontos de revista, perto dos ministérios da Economia — para entrar na área dos shows — e da Justiça e Segurança Pública — para acessar a Praça dos Três Poderes.

A entrada ocorre apenas pela via N1, do lado Norte do Eixo Monumental. Quem tentar chegar à Esplanada pela Via S1 ou pelas escadarias dos ministérios será impedido e redirecionado.

Segurança

Sem contar todo o contingente da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e do Exército, o policiamento na Esplanada dos Ministérios e na Praça dos Três Poderes terá, ao menos, 1,5 mil agentes de segurança.

Serão 1 mil policiais federais, 300 civis e 150 militares do Corpo de Bombeiros. O policiamento terá, ainda, apoio de servidores, guinchos e 35 veículos do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), além de reforço aéreo com helicópteros da PMDF.

Mais informações no Metrópoles

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE