PUBLICIDADE

Conta de luz no Paraná fica em média 7,2% mais barata

Redução acontece a partir de orientação da Secretaria da Fazenda, que eliminou a cobrança do ICMS que incidia em um dos componentes da conta de luz

Ao somar as reduções recentes, paranaenses têm conta de luz 20% mais barata
Ao somar as reduções recentes, paranaenses têm conta de luz 20% mais barata -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Desde a última quinta-feira (15), a conta de energia elétrica dos paranaenses está, em média, 7,2% mais barata para todos os clientes da Companhia Paranaense de Energia (Copel) e das demais companhias que operam no Estado.

A redução acontece a partir de orientação da Secretaria de Estado da Fazenda do Paraná, que eliminou a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incidia em um dos componentes da conta de luz: a Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD). A medida atende a Lei Complementar nº 194/2022, do Governo Federal, e orientações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Na prática, a redução vale para os consumidores que tiveram a leitura de consumo realizada a partir da última quinta-feira (15) e os clientes sentirão os efeitos nas próximas faturas. O desconto completo deve aparecer na conta de luz com vencimento em outubro.

Essa é a segunda grande alteração tributária no setor elétrico. Em 23 de junho, o Governo do Paraná, por decreto, já havia reduzido a alíquota do ICMS sobre a tarifa de energia de 29% para 18%, também como resultado da nova lei federal. Isso acarretou em uma queda média de 13,4% na conta de luz da Copel, por exemplo, a partir daquela data. Na soma de ambas as reduções, a conta de energia elétrica dos paranaenses passa a ter redução de mais de 20%. O mesmo aconteceu com a gasolina, que também reduziu o valor médio desde então.

Com informações: Bem Paraná.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE