Suspeito de integrar ‘Gangue do Rolex’ é morto em Curitiba

Momentos antes, a dupla teria atirado contra um carro blindado e também assaltado uma mulher

Momentos antes, a dupla teria atirado contra um carro blindado e também assaltado uma mulher
Momentos antes, a dupla teria atirado contra um carro blindado e também assaltado uma mulher -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Momentos antes, a dupla teria atirado contra um carro blindado e também assaltado uma mulher

Suspeito de integrar a ‘Gangue do Rolex’, um homem foi morto após tentar assaltar um empresário na tarde desta quarta-feira (27). A vítima é amiga e estava acompanhada de um sargento das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) e também foi atingida por um disparo, efetuado pelo assaltante, no bairro Batel, em Curitiba. O estado de saúde do empresário é estável.

Segundo apurado no local, a tentativa de roubo aconteceu na Rua Cândido Xavier. O criminoso que morreu e um comparsa teriam dado voz de assalto, então o sargento reagiu. Foi quando o assaltante atirou contra o empresário. Em seguida, na Rua Castro Alves, o policial militar perseguiu a dupla e efetuou vários disparos contra a moto. Atingido, um dos suspeitos morreu e o outro conseguiu fugir.

De acordo com o médico Marcelo Sech, do Siate, o empresário está bem, mesmo atingido no ombro.

“Nós nos deparamos com uma situação com duas vítimas. Uma era o assaltante, que entrou em óbito, e a outra a vítima assaltada. A princípio, houve reação e a vítima ficou ferida, pois acabou atingida por um tiro no ombro. O empresário está estável no local”, comentou.

Como o empresário ficou ferido na frente da clínica, foi ali que ele recebeu os primeiros atendimentos. “Aqui é uma clínica, e eles se prontificaram a auxiliar no atendimento. O empresário não reagiu, foi o policial que acabou reagindo“, comentou Sech.

Um comerciante da região disse à Banda B que nunca tinha visto nada parecido e que se assustou com toda a situação.

“Estava no trabalho e começa a ouvir tiros, nos assustamos. Vimos a perseguição do policial atrás do motociclista, que acabou atirando contra ele. Mas a gente acha que está no Batel, um bairro seguro, mas não é”, afirmou.

No estacionamento da clínica, tem uma motocicleta que seria dos assaltantes. Momentos antes, a dupla teria atirado contra um carro blindado e também assaltado uma mulher na região. O corpo do suspeito será encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). A vítima foi encaminhada no hospital.