Spic abre vagas de estágio para formados de primeira geração

São vagas em oito áreas para graduados que são a primeira geração de suas famílias a ter um diploma universitário. Iniciativa abre mercado para profissionais que não seguem na carreira por falta de oportunidade

Vagas são nas área de Operações Hídricas, Estratégias e Inovação, Remuneração, Jurídico, Comunicação, Suprimentos, Comercialização e Fiscal
Vagas são nas área de Operações Hídricas, Estratégias e Inovação, Remuneração, Jurídico, Comunicação, Suprimentos, Comercialização e Fiscal -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

São vagas em oito áreas para graduados que são a primeira geração de suas famílias a ter um diploma universitário. Iniciativa abre mercado para profissionais que não seguem na carreira por falta de oportunidade 


Como ação inicial do Programa de Diversidade e Inclusão, e alinhada à sua estratégia ESG, a SPIC Brasil estabeleceu uma parceria com a startup social Instituto Primeira Geração (PriG), e abriu vagas de estágio para recém-graduados (até quatro anos de formados) que ainda não conseguiram ter experiência profissional dentro de sua área de formação e cuja família não tem diploma universitário.

As inscrições já estão abertas no canal do PriG na plataforma de recrutamentos Gupy para oito vagas nas áreas de Estratégias e Inovação, Remuneração, Jurídico, Comunicação, Suprimentos, Operações Hídricas, Comercialização e Fiscal. Todas as vagas estão em São Paulo.   

As entrevistas de pré-seleção acontecem de 25 de julho a 4 de agosto. A admissão dos oito aprovados está prevista para o final de agosto. Os estagiários terão acesso a benefícios, como planos de saúde e odontológico, vales alimentação e transporte e seguro de vida, além de uma bolsa-auxílio atrativa. 

O objetivo do programa é furar a bolha geracional e abrir o mercado de trabalho para formandos que não podem contar com apoio financeiro dos pais. “São pessoas que não tiveram a oportunidade de ingressar em sua área de formação e criar sua rede de contatos profissionais e, por conta disso, ainda não desenvolveram a carreira por falta de vivência na área.”, diz a diretora de Recursos Humanos da SPIC Brasil, Sueli Hudson. 

Para participar do processo seletivo do Programa, os candidatos devem se inscrever nas vagas de seu interesse em um dos canais da PriG e preencher os pré-requisitos solicitados. 

 O criador da PriG, Gilberto Castro (ex-executivo da Ambev e Estácio, atual Yduqs) conta que se inspirou no modelo americano de estágio de pós-graduação, prática pouco utilizada no Brasil, mas aprovada pelo MEC, e que é voltada para pessoas que não têm experiência prévia em suas áreas de formação acadêmica. 

Os selecionados pela SPIC Brasil serão inscritos no programa de MBA em Negócio e Gestão de Pessoas da Faculdade Descomplica 100% online. Além disso, terão o acompanhamento do PriG, com apoio do RH da SPIC Brasil e de seus gestores, para conhecerem a cultura da empresa e se desenvolverem comportamental e tecnicamente. “É uma oportunidade em que a SPIC também ganha, a partir de visões diferentes que vêm para contribuir com nossos projetos”, completa Sueli.

Uma das etapas de formação envolve o treinamento denominado green belt, que prepara profissionais para atuarem no desenvolvimento de projetos de melhoria dentro das organizações. "São pessoas que vêm com olhar diferente. Queremos transformar a cultura nas empresas e nas famílias, desenvolvendo neles competências e habilidades para que possam influenciar no ambiente empresarial e em suas comunidades", diz Gilberto Castro.

Inscrições 

Até hoje, dia 24 de julho, 100% online

Inscrições podem ser feitas neste link

As informações são da assessoria de imprensa