Médico é achado morto em hospital no interior da Bahia

Médico Heitor Wagner Silva Oliveira foi encontrado morto no Hospital Municipal de Brotas de Macaúbas, polícia suspeita de overdose de medicamentos

Médico Heitor Wagner Silva Oliveira foi encontrado morto no Hospital Municipal de Brotas de Macaúbas, polícia suspeita de overdose de medicamentos
Médico Heitor Wagner Silva Oliveira foi encontrado morto no Hospital Municipal de Brotas de Macaúbas, polícia suspeita de overdose de medicamentos -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Médico Heitor Wagner Silva Oliveira foi encontrado morto no Hospital Municipal de Brotas de Macaúbas, polícia suspeita de overdose de medicamentos

O médico Heitor Wagner Silva Oliveira, de 40 anos, foi encontrado morto no domingo (17), no interior do Hospital Municipal de Brotas de Macaúbas, no oeste do estado da Bahia.

Ele trabalhava como plantonista na unidade de saúde no dia e a suspeita da Polícia Civil da Bahia é que Oliveira tenha morrido devido a uma overdose medicamentosa.

O caso foi registrado na Delegacia Territorial da cidade, que realizou perícia no hospital e removeu o corpo do médico para o Instituto Médico Legal (IML), para ser necropsiado. A polícia investiga se a morte foi proposital ou ocorreu de maneira acidental.

A Secretaria da Saúde de Brotas de Macaúbas e o hospital não se pronunciaram sobre o assunto.

No entanto, os colegas do médico colocaram faixas pretas e fotos do profissional na parte interna da unidade, em sinal de luto.

Heitor era formado em medicina desde 2017 pela Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb). O sepultamento deve ocorrer na tarde desta segunda-feira (18), na cidade de origem do médico. As prefeituras de Brotas de Macaúbas e Paramirim decretaram luto oficial por três dias.

Uma nota foi emitida pela prefeitura onde o médico morreu.

“Que Deus conforte a família e lhe dê o descanso eterno. Obrigada, doutor pelo seu trabalho em prol do nosso povo”.

A prefeitura da cidade natal do médico também divulgou nota sobre a morte.

“Recebemos com pesar a notícia do falecimento do filho desta terra, Dr. Heitor Oliveira. Que a esperança da eternidade seja consolo para a família e amigos”.

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) também emitiu nota e disse que aguarda mais informações das autoridades locais a respeito da situação. Segundo a entidade, o óbito foi "uma morte súbita, de causa não divulgada até o momento".