União traça estratégias para fortalecimento nas eleições

Delegado Francischini e a esposa Flávia Francischini visitaram Ponta Grossa e reafirmaram a confiança em Rudolf Polaco como pré-candidato a Deputado Federal

Flávia Francischini, Fernando Francischini e Rudolf Polaco no estúdio do portal aRede.
Flávia Francischini, Fernando Francischini e Rudolf Polaco no estúdio do portal aRede. -

Marcus Benedetti

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Delegado Francischini e a esposa Flávia Francischini visitaram Ponta Grossa e reafirmaram a confiança em Rudolf Polaco como pré-candidato a Deputado Federal

Lideranças políticas do União Brasil estiveram na cidade de Ponta Grossa nesta quarta (6) para traçar estratégias de fortalecimento da legenda na região e conversar com políticos e empresários da cidade. Marcou presença no município o Delegado Fernando Francischini, que recentemente teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a esposa Flávia Francischini, vereadora de Curitiba e pré-candidata a Deputada Estadual. Fernando foi cassado por disseminar fake news contra as urnas eletrônicas em 2018 e está inelegível para o pleito deste ano.

Em entrevista ao portal aRede, o Delegado anunciou o lançamento da pré-candidatura da esposa ao cargo de deputada estadual e destacou o desafio que Flávia Francischini irá enfrentar. "Não podia escolher alguém que não conseguisse me representar. É muito difícil continuar essa representação de meio milhão de votos. O peso é enorme. Além de ser uma mulher que tem os projetos dela, ela também terá que carregar os meus fardos, que são pesadíssimos, como projetos contra censura, contra bloqueio de rede social e projetos de segurança pública", afirma o delegado. 

O lançamento de Flávia Francischini como pré-candidata é uma tentativa do partido de dar continuidade ao que vinha sendo construído por Fernando na Assembleia Legislativa do Paraná. Apesar da convergência de ideias, Flavia reconhece as dificuldades. "Me sinto lisonjeada e feliz de tomar o posto do Fernando como candidata, mas lógico que eu estaria mais feliz se ele fosse o candidato. Os 427 mil eleitores que votaram nele gostariam de votar no Fernando novamente, assim como eu. Nós sabemos como foi injusto e muitos eleitores falam que se sentiram injustiçados também. Sabemos que não vai ser fácil, queira ou não, são bandeiras pesadas que terei que carregar. Então, como eu venho de outras bandeiras, é um equilíbrio que vamos ter que buscar", ressalta. 

A visita também serviu para oficializar o apoio do União Brasil a pré-candidatura de Rudolf Polaco como Deputado Federal pela legenda. Em 2020, mesmo com mais de 2,8 mil votos e sendo o sexto mais votado, Rudolf acabou de fora da Legislatura da Câmara por uma questão partidária. Agora, o ex-vereador é a aposta do partido na disputa por uma vaga na Câmara dos Deputados. O pré-candidato adiantou que a representatividade local será uma das marcas da campanha. 

"Muitas vezes as pessoas as pessoas preferem votar em candidatos de fora. Cada um tem seu livre arbítrio para votar em quem deseja, mas com isso, de certa maneira, acontece um enfraquecimento das forças políticas da cidade. Isso atrapalha na busca por recursos e na busca de interesses locais. Então, tivemos essa ideia junto com o partido de fortalecermos a região e buscar pessoas que sabem, in loco, as dificuldades e necessidades de cada região.", disse Rudolf. 

Além de Rudolf, o União Brasil conta ainda com o deputado estadual Plauto Miró e os vereadores Doutor Zeca e Jairton da Farmácia como lideranças políticas da cidade e região. A legenda ainda não tem data marcada para as convenções partidárias que devem ser realizadas até o dia 5 de agosto, mas as definições finais acontecerão nos próximos dias. De qualquer forma, o Delegado Francischini anunciou que irá sair da vida política e retornar ao cargo de Delegado da Polícia Federal, mas permanecerá como conselheiro do partido.