Pastor é condenado a 18 anos de prisão por ódio contra judeus

Tupirani da Hora Lores foi denunciado por discurso de ódio em diversas ocasiões

Tupirani da Hora Lores foi denunciado por discurso de ódio em diversas ocasiões
Tupirani da Hora Lores foi denunciado por discurso de ódio em diversas ocasiões -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Tupirani da Hora Lores foi denunciado por discurso de ódio em diversas ocasiões

Um pastor, líder da igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo, foi condenado pela Justiça Federal a cumprir 18 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de racismo e ódio contra judeus. A ação foi movida pela Confederação Israelita do Brasil (Conib) e pela Federação Israelita do Rio de Janeiro (Fierj).

Tupirani da Hora Lores foi preso em 24 de fevereiro deste ano pela Operação Rófesh. De acordo com a denúncia oferecida contra ele pelo Ministério Público, Lores teria praticado, induzido e incitado a discriminação contra pessoas judias ou israelitas por meio de publicações de vídeos e mensagens em canais do YouTube ou perfis de redes sociais.

Com informações dos portais Banda B e Metrópoles. Clique aqui e leia mais