aRedeShopping aRedeNegócios Jornal da Manhã

Cotidiano

Foi descartada pelo Ministério da Saúde a exigência de receita médica para a vacinação das crianças

Foto: Divulgação

Da Redação | Cotidiano | 20/01/2022 as 15:45h

PR estima vacinar mais de 1 MI de crianças entre 5 e 11 anos

Foi descartada pelo Ministério da Saúde a exigência de receita médica para a vacinação das crianças

O Paraná estima vacinar 1.075.294 crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. O ato simbólico de início da imunização para a população dessa faixa etária foi realizado no último sábado, 15/01, em Londrina, com a aplicação da vacina em Isadora Libânio Despensieri, de 6 anos. O Conselho Regional de Serviço Social do Paraná (CRESS-PR) defende e apoia a vacinação pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para todas (os), inclusive para crianças e adolescentes.

As primeiras doses do imunizante pediátrico da Pfizer chegaram ao Paraná na sexta-feira, 14/01. Segundo o Governo do Estado, foram distribuídas 65.500 vacinas para as 22 regionais de saúde, o quantitativo para imunizar 5% da população com idade entre 5 e 11 anos.

Por meio da Nota Técnica Nº 2/2022, a imunização de crianças desta faixa etária com comornidades e deficiência permanente foi priorizada de acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. Em seguida, serão imunizadas crianças indígenas, quilombolas e que vivem em instituições. Depois, em ordem decrescente, começam a ser vacinadas as outras crianças.

Foi descartada pelo Ministério da Saúde a exigência de receita médica para a vacinação das crianças, de acordo com o que ficou decidido na Audiência Pública sobre o tema. Para vacinação, é necessário que os pais ou responsáveis da criança estejam presentes e concordem com a aplicação.

O CRESS-PR defende que a imunização é indispensável para reduzir a transmissão, em particular por ser uma doença com ciclos inesperados e o surgimento de novas variantes. “Vemos agora novas ondas do vírus no Brasil e no mundo, atingindo, proporcionalmente, muito mais crianças e adolescentes do que no início da pandemia. Faz-se necessária a vacinação em massa pelo Ministério da Saúde, entendendo a vacinação como um direito das crianças e adolescentes e como questão de saúde pública”, considera a presidenta do CRESS-PR, Andréa Braga.

“Além de toda a necessidade de ampliar o acesso à informação e combater o negacionismo e falácias contra a vacina. O Serviço Social está em conjunto nesta luta da vacinação para todas (os), da defesa da ciência e de um atendimento exigindo saúde de qualidade, que inclui acesso das crianças e adolescentes”, completa Andréa.

A vacinação infantil é um importante avanço no sistema de imunização de nosso país, fundamental para conter o avanço da pandemia. Segundo Jackson Michel Teixeira da Silva, Assistente Social que atua na linha de frente ao enfrentamento da Covid-19 no SUS curitibano Conselheiro do CRESS-PR, no último mês o Paraná registrou aumento no número de óbitos de crianças em decorrência da Covid-19. “Até dezembro de 2021, o Paraná possuía 36 óbitos de crianças nessas idades desde o início da pandemia, em março de 2020”.

O último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), divulgado no sábado, 15/01, o número de crianças que perderam a vida por conta da doença chegou a 40. “Ou seja, um aumento de pouco mais de 11% em um mês. A vacinação de nossas crianças é urgente. Não podemos perder mais nenhuma vida para uma doença que já tem vacina”, acrescenta Jackson.

Vacinação em Curitiba

Em Curitiba, capital do Estado, o início da imunização de crianças entre 5 e 11 anos foi na segunda-feira, 17/01. O cronograma de vacinação segue o mesmo do Governo do Estado e do PNI. Sendo assim, as primeiras doses da vacina são para grupos prioritários: crianças acamadas, institucionalizadas, quilombolas e indígenas.

Na terça, 18/01, a imunização foi destinada para crianças de 09 a 11 anos com deficiência permanente e com comorbidade. A capital paranaense recebeu, neste primeiro lote, 9.870 doses, suficientes para imunizar os grupos dos dois primeiros dias. A estimativa é que a cidade tenha 164.821 crianças entre 5 e 11 anos.

Vacinação prioritária

Segundo Jackson, atualmente, a Covid-19 representa uma das maiores causas de morte de crianças com idade entre 5 e 11 anos. “A ciência já comprovou que pessoas com comorbidades estão mais suscetíveis a desenvolver casos graves da doença e muitas vezes evoluindo ao óbito. Assim como grupos indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais, que acabam que tendo uma maior dificuldade de acessar aos serviços de saúde”, explica o Assistente Social.

No Sistema Único de Saúde (SUS) a equidade é evidenciada no atendimento aos indivíduos de acordo com suas necessidades para oferecer mais a quem mais precisa e menos a quem requer menos cuidados. “Nesse sentido é muito importante que a vacinação atinja estes grupos prioritariamente, e que o quanto antes possamos ter uma ampla cobertura vacinal de toda nossa população”, defende Jackson.

Em 2020, foi criada a Lei nº 14.021, que defende a prevenção do contágio e disseminação do coronavírus entre indígenas. Por meio dessa legislação foi criado o Plano Emergencial para Enfrentamento à Covid-19 nos territórios indígenas, atendendo ao apelo das lideranças quanto à prioridade de imunização. “Nós, Assistentes Sociais, defendemos a ampla vacinação para toda a população brasileira e mundial, respeitando a organização e enfatizando a equidade no acesso a saúde”, completa.

Conjunto CFESS-CRESS apoia a vacinação

Por meio de uma publicação no site, o Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) manifestou publicamente seu apoio ao início da vacinação das crianças com idade entre 5 e 11 anos contra a Covid-19 no Brasil. A nota do CFESS destaca o alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS), que aponta que o público entre 5 e 14 anos é o mais afetado pela nova onda de Covid-19 na Europa e nenhuma outra doença imunoprevenível causou tantos óbitos em crianças e adolescentes no Brasil em 2021 como a Covid-19.

O CRESS-PR, seguindo o posicionamento do CFESS, manifesta seu apoio ao início da vacinação das crianças no Paraná. É histórica a luta do Serviço Social pela garantia de uma saúde pública de qualidade e universal. Assim, o CRESS-PR defende a ciência e o acesso à vacinação contra a Covid-19 para todas as pessoas e reitera a importância da vacinação de todas (os) com base científica e autorização de órgãos sanitários brasileiros e internacionais.

Vacinas salvam vidas! Só a ciência e a informação podem barrar este vírus.v

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

PUBLICIDADE

Recomendados

La Belli Master Hall promove festa com diversas atrações nacionais
São Camilo promove simpósio sobre segurança do paciente
Strasburger promove Festival Alemão neste sábado
Publicidade
Empresa de PG promove o 1º curso sobre nova lei de licitações
Veste 10 oferece qualidade e preço baixo em PG
Cara Nova é destaque na oferta de materiais de construção
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Campos Gerais 23/05/2022 ás 19:44h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 19:39h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 19:13h
Publicidade
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 19:02h
Vamos Ler 23/05/2022 ás 19:01h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 18:18h
Empregos 23/05/2022 ás 18:04h
Publicidade
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 18:03h
Bom Dia Astral 23/05/2022 ás 18:00h
Campos Gerais 23/05/2022 ás 17:54h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 17:50h
Ver Mais
PUBLICIDADE

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 23/05/2022 ás 17:45h

Vereadores processam Stocco por declaração na ‘CPI da VCG’

Ponta Grossa 23/05/2022 ás 17:10h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 15:48h
PUBLICIDADE
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 15:44h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 15:15h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 14:56h
PUBLICIDADE

COTIDIANO

Cotidiano | 23/05/2022 ás 15:17h

Ratinho Jr. destaca papel do Sul para crescimento do Brasil

Cotidiano 23/05/2022 ás 12:58h
Cotidiano 23/05/2022 ás 11:57h
PUBLICIDADE
Cotidiano 23/05/2022 ás 11:13h
Cotidiano 23/05/2022 ás 11:13h
Cotidiano 23/05/2022 ás 10:59h
PUBLICIDADE

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 23/05/2022 ás 17:25h

Jaguariaíva entrega 150 novos notebooks o setor de ensino

Campos Gerais 23/05/2022 ás 17:08h
Campos Gerais 23/05/2022 ás 16:25h
PUBLICIDADE
Campos Gerais 23/05/2022 ás 15:38h
Campos Gerais 23/05/2022 ás 15:23h
Campos Gerais 23/05/2022 ás 09:58h
PUBLICIDADE

MIX

Mix | 23/05/2022 ás 15:53h

Autora de 'como matar seu marido' é julgada por morte de esposo

Mix 21/05/2022 ás 09:00h
Mix 21/05/2022 ás 06:30h
PUBLICIDADE
Mix 20/05/2022 ás 18:53h
Mix 20/05/2022 ás 18:51h
Mix 20/05/2022 ás 06:30h
PUBLICIDADE

ESPORTE

Esporte | 23/05/2022 ás 10:27h

Atleta de PG leva Campeonato Paranaense de Taekwondo

Esporte 22/05/2022 ás 10:32h
Esporte 20/05/2022 ás 15:30h
PUBLICIDADE
Esporte 20/05/2022 ás 13:15h
Esporte 20/05/2022 ás 10:23h
Esporte 19/05/2022 ás 15:44h
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

VAMOS LER

Vamos Ler | 23/05/2022 ás 19:01h

Trânsito seguro é tema em Jaguariaíva junto ao Vamos Ler

PUBLICIDADE

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 23/05/2022 ás 18:00h

Confira seu horóscopo desta terça-feira (24/05)

EMPREGOS

Empregos | 23/05/2022 ás 18:04h

Confira as vagas de emprego desta terça-feira (24/05)

PUBLICIDADE

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 20/05/2022 ás 21:28h

Corpos sob viaduto e homicídio marcam a sexta em PG

Ponta Grossa 21/05/2022 ás 09:16h
Ponta Grossa 19/05/2022 ás 20:32h
Bom Dia Astral 20/05/2022 ás 18:00h
Campos Gerais 21/05/2022 ás 08:15h
PUBLICIDADE