PUBLICIDADE

AMCG avança em projetos para potencializar a região

Associação dos Municípios dos Campos Gerais tem procurado meios de potencializar a economia regional, também com foco na qualificação dos serviços

Henrique Carneiro, prefeito de Piraí do Sul e presidente da Associação dos Municípios dos Campos Gerais
Henrique Carneiro, prefeito de Piraí do Sul e presidente da Associação dos Municípios dos Campos Gerais -

Allyson Santos

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) consolidou uma série de projetos e parcerias no decorrer de 2022, com o objetivo de ampliar o desenvolvimento dos 19 municípios que compõem a entidade. A atual gestão tem procurado meios de potencializar a economia local, também com foco na melhoria dos serviços prestados pelo poder público à população. Atualmente, a AMCG representa Arapoti, Carambeí, Castro, Curiúva, Imbaú, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Porto Amazonas, Reserva, São João do Triunfo, Sengés, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

Em entrevista concedida ao Jornal da Manhã e Portal aRede, o presidente da Associação e prefeito de Piraí do Sul, Henrique Carneiro (União), avaliou as conquistas regionais e também falou sobre ações que devem sair do papel no próximo ano. “Trabalhamos intensamente neste ano em prol do desenvolvimento dos Campos Gerais. Fizemos parcerias junto ao Governo do Estado, associações e empresas, para que pudéssemos fomentar cada vez mais a nossa economia. Algumas ações já estão rendendo frutos”, avaliou.

Segundo ele, a intenção sempre foi dar continuidade ao trabalho da administração anterior, sempre com a intenção de aprimorar ações que já haviam sido iniciadas. “Entre as prioridades, está a execução de pautas municipalistas, focando no desenvolvimento das cidades de menor porte. Estamos levando aperfeiçoamento profissional às empresas, com apoio do Sebrae, por exemplo, que é um grande parceiro. As maiores demandas da região estão nas áreas de emprego, renda e saúde”, apontou Carneiro, citando algumas deficiências que ainda existem em certas localidades.

Convênios garantem planejamento

Em 2022, uma das mais importantes parcerias firmadas pela instituição foi junto à Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). O acordo visa a capacitação de gestores da região. As ações de qualificação acontecem para servidores e população em geral, com colaboração do Hospital Universitário da UEPG para temas da área da saúde. Os cursos acontecerão na modalidade a distância, por meio do Núcleo de Tecnologia e Educação Aberta e a Distância (Nutead).

As negociações para o convênio iniciaram em junho, quando o presidente da AMCG, Henrique Carneiro, e o reitor da UEPG, professor Miguel Sanches Neto, alinharam os interesses das instituições. “Com esse contrato, estamos possibilitando não só a ampliação na oferta de novos cursos, mas também uma maior atenção às demandas existentes nas nossas cidades. “Queremos elevar a nossa região a outro nível. Estamos buscando, por meio de parcerias, cada vez mais, dar condições à população para uma vida melhor”, ressaltou Carneiro.

Em 2022, as prefeituras que fazem parte da AMCG receberam o Plano de Desenvolvimento Integrado Regional do programa ‘Paraná Produtivo’. “Esse projeto, que ocorre a partir de uma parceria com o Governo do Estado, vem ao encontro da missão da AMCG: o desenvolvimento e o protagonismo regional”, explicou o presidente. O ‘Paraná Produtivo’ tem atuação em quatro eixos, sendo infraestrutura, sistemas produtivos, pessoas, e governança e gestão. Na região, o fortalecimento da agroindústria e agricultura familiar foi elencada como primeira ação. Os grupos de trabalho foram montados já no mês de outubro deste ano.

Apoio estadual e federal

As eleições deste ano trouxeram uma nova conjuntura política para a região dos Campos Gerais. Durante a entrevista, Henrique Carneiro fez uma avaliação do atual cenário e projetou o apoio de lideranças em prol da região. “Nós estamos bem representados por alguns deputados estaduais e federais, além do Senado. Atualmente temos uma ligação direta com o governador Ratinho Junior. O Estado hoje é parceiro dos municípios que compõem os Campos Gerais. Tivemos um atendimento muito bom nos últimos anos com relação às nossas demandas”, disse.

Sobre a relação dos municípios dos Campos Gerais junto ao Governo Federal, o presidente da AMCG mencionou a meta de assegurar uma união ainda maior em visando os interesses da população “Temos que estabelecer essa união também com o Governo Federal, de uma forma que venha a atender melhor as nossas cidades, pensando nas questões sociais, financeiras e também de saúde, sempre pensando em uma melhor qualidade de vida para os nossos moradores”, afirmou.

Recursos viabilizam melhorias

O Governo do Estado destinou, entre os meses de janeiro e novembro deste ano, mais de R$ 860 milhões para as 19 cidades que integram a AMCG. O valor diz respeito ao Índice de Participação dos Municípios (IPM). Os recursos, articulados por meio da Secretaria da Fazenda, são referentes a repasses de Imposto Sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Fundo de Exportação (FPEX) e royalties do petróleo.

Levando em conta o valor total, cerca de R$ 684 milhões foram provenientes do ICMS, o que representa cerca de 79% do total. Os recursos arrecadados com todos os impostos são revertidos em atendimento a serviços públicos de qualidade à população nas áreas da saúde, educação, segurança pública, transporte, infraestrutura.

Sustentabilidade e inovação

Prefeitos e gestores da Associação participaram, em novembro deste ano, do evento ‘Governo 5.0 - Desenvolve Paraná’, realizado pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP), com o apoio do Governo do Estado. Com o tema Sustentabilidade e Inovação, foram realizadas palestras e programas para os presentes. "O evento mostra um Governo voltado ao municipalismo. E é isso que sempre estamos buscando", analisou o presidente da AMCG. "Fomos representar a nossa região e verificar as políticas públicas voltadas à Sustentabilidade", explica Carneiro, destacando as belezas naturais dos Campos Gerais.

A geração de emprego, a educação, e o ambiente favorável de negócios também foram destacados. "São melhorias no Estado como um todo, mas que estão acontecendo em nossos municípios", ressalta o presidente da AMCG. O Governo 5.0. contou também com palestras sobre Cidades Inteligentes, e gestão inovadora, do Sistema S, e do vice-governador do Estado, Darci Piana. “Também pudemos visitar os estandes de todas as Secretarias do Governo Estadual. As lideranças foram orientadas sobre todas as inovações tecnológicas que estão sendo implantadas”, conta Carneiro.

Entidade recebe prêmio internacional

A cooperação intermunicipal entre as 19 Prefeituras da AMCG ganhou destaque internacional neste ano. A entidade recebeu premiação do Fórum Municipal Internacional dos países BRICS+ dos países emergentes, formado pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. 

O evento, realizado no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, reconheceu as Boas Práticas e Estratégias de Gestão de Políticas Públicas implementadas nos Municípios e Cidades Brasileiras, e seus impactos à sociedade. “Sinto-me honrado por este reconhecimento. Isso demonstra que estamos fazendo a diferença, não só nos Campos Gerais”, exulta o presidente da AMCG e prefeito de Piraí do Sul, Henrique Carneiro.

Com o objetivo de promover uma interação multilateral nas esferas pública e privada, de disseminar iniciativas que gerem valor para a administração pública e para a sociedade, o Imbrics premiou onze práticas de Prefeituras, Clubes e do Brics. “A AMCG foi a única Associação a ser reconhecida. Além disso, fomos os únicos do Estado do Paraná”, contou o presidente, destacando as ações realizadas em conjunto com Poder Privado, Academia e Instituições.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE