PUBLICIDADE

Arapoti assina contrato de concessão do Hospital 18 de Dezembro

Município garante novo passo para retomada das atividades clínicas do hospital

Assinatura do contrato ocorreu na última quinta-feira (15)
Assinatura do contrato ocorreu na última quinta-feira (15) -

Allyson Santos

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O prefeito de Arapoti, Irani Barros (PSD), assinou na última quinta-feira (15) o contrato para a concessão administrativa do Hospital Municipal 18 de Dezembro. A gestão do estabelecimento ficará sob responsabilidade da empresa ‘Centro Integrado em Saúde’. De acordo com a Prefeitura, esse é o passo definitivo para a retomada das atividades clínicas do hospital.

Com a consolidação da parceria, mais um projeto que estava previsto no plano de governo da atual gestão municipal se torna realidade. “Estivemos desde o começo juntos, sonhando. Em uma campanha política, nós vamos até a casa das pessoas e ouvimos tudo o que a população espera de uma prefeitura. Entre as principais demandas está a Saúde. Nosso trabalho começou na campanha. Não foi fácil. Tivemos que passar por vários processos para que isso saísse do papel”, disse o prefeito durante discurso realizado na 1ª edição da Fecomércio.

O gestor também explicou que os atendimentos continuarão sendo ofertados exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Nossa secretária de Saúde entendeu que esse era o melhor caminho para a saúde do nosso município. Esse é um dos maiores legados que a administração deixa. Arapoti será referência em saúde. O atendimento será 100% SUS. Através da nossa parceria com o Governo do Estado e com a 3ª Regional de Saúde, isso se torna possível”, afirmou.

Relembre o processo burocrático

O edital que autorizou a terceirização dos serviços foi assinado por Irani Barros no dia 31 de maio deste ano. A solenidade foi acompanhada pela representante da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), Olga de Castro, pelo Diretor da 3ª Regional de Saúde, Robson Xavier, pelo Vice-Prefeito, Potinho, e pela Secretária Municipal de Saúde, Andrea Silva. O presidente da Câmara, Edilson Corsini, e o vereador Maicon Pot representaram o Legislativo.

Já na reta final do ano passado, a administração conseguiu a licença sanitária que viabiliza o funcionamento adequado do hospital. “Conversando com o Governo do Estado, alinhamos estratégias para retomar os atendimentos da melhor maneira possível”, destacou o gestor. Nesta mesma época, Barros encaminhou a proposta para a Câmara Municipal a respeito da terceirização dos serviços, que se tornou concreta a partir da assinatura do edital.

Com informações da Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE