PUBLICIDADE

Em Ortigueira, Klabin inicia unidade fabril pioneira no mundo

Planta localizada em Ortigueira tem a capacidade de produzir 150 toneladas de ácido sulfúrico concentrado de grau comercial

Fábrica serve as linhas de celulose da Unidade Puma da Klabin
Fábrica serve as linhas de celulose da Unidade Puma da Klabin -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Klabin iniciou com sucesso uma fábrica de ácido sulfúrico fornecida pela Andritz em sua fábrica localizada em Ortigueira, nos Campos Gerais. A planta é a primeira no mundo e tem a capacidade de produzir 150 toneladas de ácido sulfúrico de grau comercial por dia a partir de gases concentrados odoríferos e enxofre elementar. Ela serve as linhas de celulose da Unidade Puma da Klabin e torna o local completamente auto-suficiente em ácido sulfúrico, reciclando o enxofre dos fluxos de resíduos.

A planta de ácido sulfúrico contribui para que a Klabin controle o balanço de sódio e enxofre (Na/S) e a sulfidez da fábrica. Além disso, a eficiência do uso de insumos na unidade de Ortigueira foi otimizada pois menos sulfato será descarregado devido ao balanço Na/S otimizado. Também não há necessidade de transporte de insumos perigosos, como o ácido sulfúrico para a fábrica e, em geral, a unidade otimiza recursos com uma grande redução no volume de transporte. A planta de ácido sulfúrico atende os rígidos limites de emissões atmosféricas. O processo traz uma melhoria significativa à pegada geral da planta de Ortigueira.

O diretor de Projetos e Engenharia da Klabin, João Antônio Braga,  explica que a operação da fábrica de ácido sulfúrico na Unidade Puma, em Ortigueira, representa um avanço significativo na circularidade da instalação. “A nova planta permite que a fábrica seja autossuficiente em ácido sulfúrico, com a possibilidade adicional de vender qualquer excesso de produção para o mercado. Esta tecnologia inovadora, uma novidade neste setor no mundo, apoia nossos esforços para otimizar a produtividade e é um marco importante em nossa ambição de atingir nossas metas de sustentabilidade", avalia.

Parâmetros de qualidade

O Gerente de Projetos, Recuperação e Utilidades da Klabin, Walter de Oliveira, acrescenta. "Os parâmetros de qualidade estão sendo cumpridos e o ácido sulfúrico está sendo usado com sucesso em várias operações na fábrica, substituindo o ácido comercial que estávamos usando antes. Além de otimizar recursos, a instalação da fábrica traz maior independência, pois não dependemos de um fornecedor externo para nossas necessidades de ácido sulfúrico".

A Andritz WSA faz parte da iniciativa CircleToZero da empresa, que inclui tecnologias que visam reduzir e/ou eliminar o desperdício das fábricas de celulose. Esta iniciativa global para clientes de papel e celulose reúne o contínuo desenvolvimento e melhoria das soluções tecnológicas existentes da Andritz com um ambicioso objetivo de inovação futura: eliminar fluxos laterais não utilizados, criar novos produtos de valor agregado e estabelecer uma base para zero emissões e zero produção de resíduos.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE