PUBLICIDADE

CimSaúde é referência em atendimentos de gastroenterologia

Ao todo, já foram realizadas mais de 500 consultas em quatro meses de trabalho

Conforme o médico gastroenterologista, Renan Nunes, o CimSaúde fornecer atendimento com especialistas é de grande importância
Conforme o médico gastroenterologista, Renan Nunes, o CimSaúde fornecer atendimento com especialistas é de grande importância -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais (Cimsaúde) iniciou este ano o atendimento com a especialidade de gastroenterologia, e já conseguiu suprir boa parte da demanda na região. Ao todo, já foram realizadas mais de 500 consultas em quatro meses de trabalho. “Procuramos fornecer todas as especialidades. E no último ano estamos conseguindo suprir algumas novas, e, com profissionais de qualidade”, aponta a diretora Pâmella Costa.

Conforme o médico gastroenterologista, Renan Nunes, o CimSaúde fornecer atendimento com especialistas é de grande importância para o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS). “Desta maneira proporcionamos à população o acesso a um dos níveis de complexidade em saúde fortalecendo avaliação, diagnóstico e tratamento adequado às diversas patologias”, avalia.

Aumento de casos

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde demonstram que a incidência de doenças do trato gastrointestinal vem aumentando. Entre 2010 e 2018 o número de óbitos relacionados aumentou em mais de 11% conforme boletim epidemiológico. Por este motivo, o especialista destaca a importância, não somente do diagnóstico e tratamento, mas também da prevenção. “Devemos orientar a população quanto à prevenção de doenças, como por exemplo a Hepatite B, mantendo o calendário vacinal, e o câncer colorretal, com exames adequados”, exemplifica.

De acordo com Nunes, o médico gastroenterologista é o especialista com formação para conhecer o funcionamento do trato digestivo, que inclui estômago, intestino, fígado, pâncreas e vesícula biliar. Além da interação entre esses órgãos. “É a função desse especialista, portanto, atender pacientes caso ocorra algum sinal ou sintoma que afete a saúde gastrointestinal”, esclarece.

Recomentação médica

O médico aponta ainda as doenças mais comuns que podem aparecer no trato digestivo, como o Refluxo Gastroesofágico, a Hérnia de Hiato, a Úlcera Péptica, a Síndrome do Intestino Irritável e a Doença de Crohn. O Consórcio Intermunicipal de Saúde, além dos médicos especialistas, conta com uma equipe multiprofissional para o atendimento dos pacientes. “Nos casos daqueles que chegam para tratar o fluxo digestivo, é importantíssimo também que ocorram consultas com nutricionistas”, aponta a diretora Pâmella, citando que dietas balanceadas são essenciais para esse tipo de tratamento.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE